Aquisições, Rumores e dois dedos d´água

A notícia mais quente do momento é essa : A Google está pretendendo adquirir a FeedBurner! Coincidência, boato ou especulação de mercado, o fato é que após a recente compra da Microsoft – aQuantive, uma empresa de anúncios – por 6 bilhões de dólares (há de se dizer, uma senhora compra), a aquisição da FeedBurner seria estrategicamente feliz.

Com a DoubleClick em sua rede, a Google praticamente detém o mercado de publicidade online fazendo com que a Microsoft e a Yahoo! tenham que correr muito para concorrer. A FeedBurner no entanto, domina hoje o mercado de publicação e gerenciamento de feeds (assinaturas de conteúdo online) e possui em seu pacote de serviços a FeedBurner Ad Network, um sistema de anúncios que são exibidos exclusivamente nos sites afiliados aos seus serviços de publicação de feeds. Vale a pena comentar que o AdSense não funciona em feeds, pois é disparado usando JavaScript e Iframe, ambos não suportados na metodologia.

Comprando a FeedBurner, e consequentemente toda a sua carteira de clientes e parceiros, a Google estenderá de forma muito inteligente os seus domínios, podendo oferecer a partir de então, publicidade contextual e direcionada através do AdWords dentro dos feeds. Show, hein?

Nós, parceiros do AdSense, esperamos ansiosamente a confirmação desse boato e a implementação das melhorias.

E você? O que acha disso?


Manoel Netto é Consultor / Desenvolvedor Web, apaixonado por tecnologia desde que nasceu e atualmente mantém o site Tecnocracia.com.br.

Popularity: 2% [?]

6 ideias sobre “Aquisições, Rumores e dois dedos d´água

  1. Seria sem dúvidas excelente, visto que pra muitos usuários ler Feeds, ao invés de acompanhar os sites, está se tornando um tendência certa.
  2. Anônimo 1: A mais nova, no entanto nem é a mais quente nem mesmo é verdade hehehe. Já foi desmentido o boato, mas o lance com o FeedBurner ainda não foi confirmado nem desmentido.

    Anônimo 2: Também vejo com bons olhos, inclusive no que diz respeito à popularização dos feeds.

    Abraços

  3. Não acho que iria popularizar tão rapidamente os feeds, mas que seria interessante, ao menos como teste, ver o quanto pode render um anúncio desses, isso seria.
  4. Manoel Neto, a mais nova ainda nunca foi confirmada, mas também não foi desmentida. Segundo os mais prestigiados jornais econômicos e agências de notícias dos EUA, o Google está sim conversando com a Salesforce sobre uma fusão ou aquisição.
    Segundo um site econômico, salvo engano, a Market Watch, fontes internas da Salesforce confirmaram a existência de negociações “para um relacionamento profundo com o Google”, mas que os resultados devem demorar cerca de 5 semanas para serem anunciados.
    Eu, particularmente, acredito que o vazamento da informação, a esta altura das negociações, pode até vir a impedir o negócio, pois isto é proibido pelas leis americanas.
    E isto faz todo o sentido, pois o Google está precisando crescer em serviços para empresas e a Salesforce, precisando criar musculatura, ambas na concorrência direta com a Microsoft.
    Portanto, acompanhe o noticiário econômico de Wall Street e nunca ria de ninguém, antes de ler mais um pouquinho. Ok?
    Quanto à FeedBurner, parece que o negócio pode sair nos próximos dias e também é muito interessante para o Google.
    Abraços,
    Anônimo 1
  5. Engraçado como alguém que acompanha “o noticiário econômico do WSJ” se mantenha anônimo 😉

    Well, só pra constar, eu não ri de você, ok? Até porque eu não sei quem você é hehehe.

    Keep walking

Os comentários estão fechados.