Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Geral

Google Lookup: Poder ao Spreadsheets

Enviado por em domingo, 22 abril 20074 Comentários
Fiquei simplesmente “babando” quando o Rômulo de Araújo Mendes enviou a dica. O recurso já é bem velho, mas é muito interessante! O Google Lookup consegue capturar informações do Google.com e disponibilizá-las nas planilhas do Google Spreadsheets.
Funciona mais ou menos assim: A função GoogleLookup usa a web para tentar responder à sua pergunta com informações sobre pessoas, lugares e coisas, como a população do Japão, a massa de Júpiter ou o local de nascimento de Abraham Lincoln.

Mas, embora a função GoogleLookup saiba muita coisa, ela não sabe tudo. Nem todas as fórmulas que você tentar usar funcionarão, mas, recomendamos que experimente a função para ver o que funciona.

Para utilizar a função, você deve seguir a sintaxe abaixo:

Sintaxe: =GoogleLookup("entidade"; "atributo")
onde "entidade" representa o nome da entidade que você quer acessar, como Kuala Lumpur, Audrey Hepburn ou oxigênio, e "atributo", o tipo de informação que você quer obter.

Exemplo: Se você quiser visualizar o total de internautas no Brasil, a fórmula digitada será: =GoogleLookup("Brazil"; "internet users").

Se você gostou, abaixo segue uma lista com as principais entidades e atributos possível na função.

  • Países e territórios (como “Burkina Faso”): population (população), capital, largest city (maior cidade), gdp (PIB)
  • Estados dos EUA (como “Tennessee”): area (área), governor (governador), nickname (apelido), flower (flor)
  • Rios (como “Amazon River”): origin (nascente), length (extensão)
  • Cidades e municípios (como “Chicago”): state (estado), mayor (prefeito), elevation (altitude)
  • Músicos (como “John Lennon”): date of birth (data de nascimento), place of birth (local de nascimento), nationality (nacionalidade)
  • Atores (como “Audrey Hepburn”): date of birth (data de nascimento), place of birth (local de nascimento), nationality (nacionalidade)
  • Políticos (como “Anwar Al-Sadat”): date of birth (data de nascimento), place of birth (local de nascimento), nationality (nacionalidade)
  • Presidentes dos EUA (como “Zachary Taylor”): date of birth (data de nascimento), place of birth (local de nascimento), political party (partido político)
  • Jogadores de beisebol (como “Wade Boggs”): games (jogos), at bats (batidas), earned run average (média de rebatidas), position (posição)
  • Elementos químicos (como “Helium”): atomic number (número atômico), discovered by (descoberto por), atomic weight (peso atômico)
  • Compostos químicos (como “Isopropyl Alcohol”): chemical formula (fórmula química), melting point (ponto de fusão), boiling point (ponto de ebulição), density (densidade)
  • Estrelas (como “Betelgeuse”): constellation (constelação), distance (distância), mass (massa), temperature (temperatura)
  • Planetas (como “Saturn”): number of moons (número de luas), length of day (duração do dia), distance from sun (distância do sol), atmosphere (atmosfera)
  • Dinossauros (como “Velociraptor”): height (altura), weight (peso), when it lived (época em que viveu)
  • Embarcações (como “USS Chesapeake”): length (comprimento), displacement (calado), complement (tripulação), commissioned (comandante)
  • Empresas (como “Hewlett-Packard”): employees (funcionários), ceo (presidente), ticker (matriz)

Popularity: 2% [?]

Fernando Kanarski Google AdWords Certified Partner, atualmente é Analista de Novas Mídias na HouseCricket , onde é responsável por Search Marketing e WebAnalytics.

4 Comentários »

  • Rômulo disse:
    Esta funcionalidade mostra que a Google deseja ir muito além do Excel, o que é um enorme desafio, pois a planilha da Microsoft ainda é imbatível no tocante ao número de funcionalidades e também na quantidade de células suportadas.
    Entretanto, a Planilha Google consegue fazer uma coisa que qualquer outra planilha off-line não consegue fazer: interagir com a Web. Mais que isso, logo poderemos esperar muitas funcionalidades wiki.
    O que eu espero é que a Google permita que baixemos planilhas Excel maiores de 500Kb, coisa que hoje limita muito o uso de sua planilha.
    Abraços,
    Rômulo
  • Alexandre Fugita disse:
    E depois dizem que o Excel é melhor…
  • Douglas disse:
    E a fórmula GoogleFinance?

    Pra q serve?

  • nando.kanarski disse:
    GoogleFinance puxa resultados de ações para as planilhas. Bem interessantes este recurso também, mas restrito a que trabalha com ações.