Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Geral

Por dentro do Adwords #1: Fraude e como combatê-la

Enviado por em quarta-feira, 3 janeiro 2007Um Comentário
Fraude nos Links Patrocinados e como combatê-la
Por Ricardo Vaz Monteiro

Os Links Patrocinados, nova modalidade de publicidade online onde o anunciante paga apenas quando um Internauta clica em seu anúncio, está sob uma séria ameaça: a fraude.

A fraude nos Links Patrocinados coloca em risco toda a indústria que está se formando ao redor desta nova forma de anunciar. O Google e o Yahoo! declaram que lidam com a fraude com a máxima seriedade possível tentando exterminá-la. A fraude ocorre quando alguém clica no seu anúncio sem ter interesse real no seu produto. As situações mais comuns de fraude são:

a) Quando seu anúncio é exposto no Instrumento de pesquisa e é clicado pelo seu concorrente com o objetivo de fazer com que você gaste todo seu orçamento sem ter no entanto nenhum retorno.

b) Quando seu anúncio é exposto na rede de parceiros do Google ou do Yahoo e o próprio parceiro clica nos anúncios que são apresentados no seu site com o objetivo de receber parte da receita proveniente da sua campanha.

No primeiro caso “a)”, os únicos possíveis interessados em cometer a fraude são seus concorrentes, ou seja, uma lista definida e limitada de empresas. Porém como seus próprios concorrentes também veiculam campanhas de Links Patrocinados, o medo de ser descoberto e banido do sistema deve inibir as ações menos éticas.

Já no caso da rede de parceiros, o problema da fraude é bem mais sério. Qualquer empresa ou indivíduo que possua um site ou blog poderá participar da rede de parceiros do Google (Adsense) ou do Yahoo. Caso você nem possua um site e possua apenas o registro de um domínio, poderá utilizar serviços de páginas estacionadas (exemplo: http://www.TrafficClub.com) que apresentam um site dinâmico com anúncios destes instrumentos de pesquisa. Vale lembrar que não há um critério rigoroso de análise de cadastro para participar da rede de parceiros, qualquer um pode se filiar. A rede de parceiros é vasta e cresce a cada dia.

O objetivo da criação da rede de parceiros foi clara, Google e Yahoo ampliaram sua capacidade de distribuir anúncios e sua abrangência.

O parceiro se torna “sócio” do instrumento de pesquisa nessa empreitada porque recebe parte da receita proveniente dos cliques realizados nos anúncios que são apresentados no seu site.

O problema reside no fato de que o interesse do parceiro é maximir seus ganhos, e basta que alguém ou algum software visite seu site, e clique em um anúncio para que uma pequena parte desta receita seja destinada ao parceiro… Como a rede de parceiros é ampla e abrangente ela certamente contém diversos tipos de parceiros.

Existem na Internet sistemas chamados de Clickbots, softwares que simulam a visita a um site e cliques em um ou mais anúncios. Este tipo de sistema torna quase impossível a detecção deste tipo de fraude e ela pode ser realizada de forma automatizada. Caso o parceiro tenha menos conhecimento tecnológico, poderá contratar uma empresa PTR (Pay-to-Read Companys). Essas empresas pagam para que seus usuários visitem sites na Internet, porém funcionam na verdade como grandes redes de usuários dispostos a ler a clicar em anúncios na Internet. Esse caso em especial torna quase impossível a detecção da fraude visto que ela é executada de forma não automatizada e portanto de forma não regular.

Como combater a fraude

Existem algumas precauções para minimizar a fraude nas campanhas de links patrocinados:

  • Focalize sua campanha. Procure cadastrar frases com pelo menos duas palavras-chave. Palavras-chave com apenas uma palavra são mais suscetíveis à fraude.
  • Evite palavras-chave muito óbvias
  • Utilize um sistema anti-fraude, o mais conhecido é o ClickAuditor (Http://www.Clickauditor.com)
  • Desligue a opção de apresentação dos seus anúncios na rede de conteúdo do Google / Yahoo
  • Analise seu Log de visitas. Caso seu site possua um sistema de análise estatística dos Logs de visitas, olhe a sessão “Principais visitantes”. Essa sessão lista por endereço IP os principais visitantes. Em seguida passe os endereços IP com mais de 50 visitas por mês para o Adwords para que eles verifiquem se os cliques provenientes destes endereços não são fraudulentos. O sistema mais conhecido e difundido de análise estatística dos Logs é o Webtrends. Verifique se sua empresa de hospedagem disponibiliza este sistema para você.
  • Sob nenhuma hipótese clique nos anúncios de seus concorrentes. A fraude deve ser combatida em todas as frentes. Caso o Yahoo/Google perceba que você tentou fraudar a campanha de seus concorrentes você sofrerá as consequências legais e poderá ser banido do sistema. Não caia nessa!


Ricardo Vaz Monteiro cursou bacharelado em física na Universidade de São Paulo, é diretor executivo da empresa Nomer.com, um dos primeiros com o título de Google Advertising Professional do Brasil e autor do livro Google Adwords: A arte de Guerra.

Você pode adquirir o livro pelo Submarino por apenas R$ 42,50.

Popularity: 2% [?]

Fernando Kanarski Google AdWords Certified Partner, atualmente é Analista de Novas Mídias na HouseCricket , onde é responsável por Search Marketing e WebAnalytics.

Um Comentário »

  • Anonymous disse:
    Parabéns, Ricardo, pela estréia e pelos seus títulos.

    Parabéns ao Undergoogle que inova a cada dia. E esta novidade foi show demais!