Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Geral

Telefonica também bloqueia acesso ao YouTube

Enviado por em segunda-feira, 8 janeiro 200715 Comentários
[Atualizado]


Imagem retirada do MeioBit

Do IDG Now!

Os usuários brasileiros de acesso à internet pela Telefônica ficarão sem acesso ao YouTube, a qualquer momento, nesta segunda-feira (08/12).

A operadora informou, por meio de seu departamento de comunicação, que está tomando as providências técnicas para bloquear o acesso ao site de vídeos YouTube, seguindo uma determinação do desembargador Ênio Santarelli Zuliani , do Tribunal de Justiça de São Paulo, em caráter liminar.

Segundo a Folha Online, usuários dos provedores IG, iBest e BrTurbo também deverão perder acesso ao YouTube. Será um “mar” de mais de 5 milhões de usuários sem acesso ao site. Segundo o ofício do juiz Lincon Antônio Andrade de Moura, o YouTube ficará bloqueado por tempo inderteminado. O juiz também sugeriu a criação de filtros que impeçam que o vídeo seja reenviado ao servidor americano.

E pensar que, por causa de um ocorrido, vamos perder acesso ao YouTube, que nada mais é que um dos meios que o divulga.

Popularity: 2% [?]

Bruno Soares Paulistano, 22 anos, estudante de Engenharia da Computação pela FASP, é desenvolvedor Windows e Web há 5 anos. Gostava de escrever sobre tecnologia nas horas vagas, e criou o Undergoogle junto ao Fernando Kanarski para poder acompanhar de perto a, na sua opinião, empresa de tecnologia mais inovadora dos últimos anos.

15 Comentários »

  • Kicca disse:
    Ri-dí-cu-lo !!!!
  • Giancarlo disse:
    Uma pergunta: não tem empresas brasileiras anunciando no YouTube? Se tem, como elas ficam nisso? Realmente, não consigo me lembrar como era a publicidade no site, mas acredito q muitas empresas nacionais, grandes e pequenas, devem ter anunciado lá. Se estou errado, me corrijam. E só a nível de curiosidade curiosa, parece que já estão começando os boatos de que o Orku(t) será o próximo a ser banido, pelo menos entre alguns contatos no meu messenger. (isso não seria tão ruim assim hehehehe)
  • Revoltado Anônimo disse:
    caralho os outros fazem merda e eu que pago?
  • Anonymous disse:
    Por determinação judicial, vamos todos bloquear o canal MTV e produtos Cica em nossos lares enquanto não voltarmos a ter acesso ao YouTube.
  • Anonymous disse:
    aqui bloquearam em sp =\\
    mais usei o ip do youtube e entro :p
  • Leandro disse:
    Não me lembro do contrato do Speedy mas essa atitude não infringe algum direito dos usuários?
    Se alguém souber de algo por favor publique, estou louco pra processar a Telecômica.
  • Derek disse:
    Leandro:

    http://conjur.estadao.com.br/static/text/51722,1
    http://direitoetrabalho.blogspot.com/2007/01/bloqueio-do-sitio-do-youtube-pela.html

    O UnderGoogle poderia deixar esta notícia em destaque o tempo todo no blog, até desbloquearem. Precisamos pressionar a justiça para por fim neste absurdo!! Desculpa para economizarem banda, cambada de bandidos! O que eu tenho a ver com a Cicarelli na Espanha transando com o namorado em uma praia? Fora Cicarelli do Brasil, e não o YouTube!

  • Anonymous disse:
    Uma pergunta que eu ainda não sei a resposta.

    Na Ditadura Militar tinha censura.

    Nos dias de hoje ainda tem???

  • Anonymous disse:
    Que tal usar o q nos restou … o Google video?
  • Anonymous disse:
    Pessoal achei um link que da total acesso ao youtube sem bloqueios

    http://www.youtube.com.nyud.net:8090

    APROVEITEM!!!

  • Fernando disse:
    vejam este site e protestem: http://www.boicoteacicarelli.com/
  • Kicca disse:
    Sou cliente da Velox Telemar, com o Oi Internet. Quase não acesso o You Tube, uso o Multiply, mas estou pásma com isso! Pasma e revoltada. Que é preciso ter um certo controle, é, reconheço, mas castigar TODOS os usuários do You Tube já é demais, ridículo!

    Ah! E a propósito, aquela menina, DE MENOR, que teve sua transa filmada e compartilhada com o mundo inteiro conseguiu remover o filme da internet? A moça cujo perfil no Orkut foi roubado e modificado com o intúito de humilhá-la conseguiu alguma coisa? O que essa mulher baixa a ponto de se deixar filmar trepando na praia está querendo? A quem interessa o bloqueio do You Tube? Sim! Porque é só o You Tube que tá fora do ar, milhares de outros sites COPARTILHANDO o vídeo dessa mulher estão aí a pleno vapor!

  • Kicca disse:
    Humpf! Do que importa esse faltório todo? Brasileiro só reclama, reclama, reclama…. Não faz nada de concreto para mostrar sua indignação. Continuarão todos como cordeirinhos mansos pagando direitinho sua Net banda larga, manterão o serviço obedientemente e continuarão todos a adminirar a beleza dessa mulher (beleza?!?!?!); os fotógrafos continuarão fotografando e filmando a criatura como cachorrinhos famintos frente ao prato de comida.
  • Xlopes disse:
    Olhem a ordem de bloqueio do Juiz na íntegra! Absurdo!

    Senhor(a) Diretor(a),

    Pelo presente, passado nos autos em epígrafe, informo a Vossa Senhoria que por decisão da Quarta Câmara do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, foi concedido efeito ativo para determinar que Vossa Senhoria tome, por tempo indeterminado, uma das providências sugeridas nos autos, abaixo relacionadas, objetivando o bloqueio do site http://www.youtube.com, da cor-ré YouTube Inc, aos Internautas brasileiros, informando, após, o Juízo, da providência tomada.

    1. Colocar um filtro na entrada da solicitação de acesso por um usuário brasileiro, dessa forma essa solicitação nem chega no computador americano. 2. Colocar um filtro na entrada da resposta do website americano, dessa forma a informação não chega ao usuário brasileiro.

    Aproveito a oportunidade para apresentar a Vossa Senhoria protestos de estima e consideração.

    Lincon Antônio Andrade de Moura
    Juiz de Direito