Por dentro do Adwords #22: Abrangência por estado

Uma das vantagens do Google Adwords é a capacidade de escolher qual a abrangência da sua campanha: estadual, nacional ou multinacional. Quando escolhemos a abrangência estadual, o Google apenas apresenta os anúncios para os consumidores que estão em determinado estado, porém o Google usa uma tabela que relaciona endereços ip dos internautas com os estados brasileiros. Infelizmente essa associação é repleta de imperfeições já que:

a) O internauta pode usar um provedor de acesso que utiliza endereços ip´s definidos para outros estados.

b) O usuário que faz a consulta pode estar atrás de um servidor proxy ou firewall que esconde seu verdadeiro endereço ip.

Devido a estes problemas infelizmente a definição de apresentação da campanha por estado nunca funcionou direito, porém existe uma dica de como melhorar seu desempenho:

1) Crie sua campanha com abrangência no estado desejado.

2) Crie uma segunda campanha, uma campanha espelho com os mesmos anúncios, e com abrangência nacional, porém insira em cada palavra-chave o estado ou as cidades do estado desejado.

Exemplo:

Campanha #1 com abrangência Estadual: Rio de janeiro
Palavras-chave: academia, spa, dieta

Campanha #2 com abrangência nacional: Brasil
Palavras-chave: academia rio de janeiro, spa rio de janeiro, dieta rio de janeiro…

Com esta estratégia, você ainda poderá não apresentar seu anúncio em alguns casos, porém a performance de campanhas com abrangência por estado já é aceitável.

Taí a dica.

Ricardo Vaz Monteiro é diretor executivo da empresa Nomer.com, especializada em registro de dominio, um dos primeiros com o título de Google Advertising Professional do Brasil e autor do livro Google Adwords: A arte de Guerra (2a. Edição !)

Popularity: 5% [?]

Uma ideia sobre “Por dentro do Adwords #22: Abrangência por estado

  1. Acredito que, com a rede de informações que a Google vem criando, num futuro próximo ela associe muitas informações da Conta Google do usuário ao anúncios exibidos. Inclusive a região.

Os comentários estão fechados.