Qual o Vídeo mais assistido em todos os tempos no Youtube?

Quem chutou aquele vídeo da evolução da dança, que há tempos estava na lista de mais visitos, errou! A resposta correta é o clipe My Hot Hot Sex de uma banda brasileira. Sim, a CSS, ou Cansei de Ser Sexy[bb], está com seu clipe no topo da lista de vídeos populares do Youtube, com quase 90 milhões de exibições.

A banda de sucesso internacional teve seu clipe colocado no Youtube em Abril de 2007. O clipe da música teve sua edição feita no software iMovie, e a música já foi tema de um comercial do iPod Touch[bb], da Apple.

Formada em São Paulo, em Setembro de 2003, a CSS mistura influências de Rock, Pop, Música Eletrônica e outros tipos de arte, como cinema, design e moda. Está entre as bandas brasileiras de maior visibilidade internacional (ainda que com vendas modestas), caracterizando-se pela sua postura pretensamente despreocupada e alternativa. [mais]

E para quem ainda não viu o clipe:

Veja o perfil da Banda no Myspace.

Dica do Fernando Doege.

Popularity: 18% [?]

16 ideias sobre “Qual o Vídeo mais assistido em todos os tempos no Youtube?

  1. Eu não acho o video da evolução da dança tosco não. Alias, esse video sobre a banda brasileira sim é tosco. O cara da dança pelo menos dança muito, muito bem obrigado, duvido muitos ae que falam mal dançarem 10% do que o cara faz no vídeo.

    Anyways… tudo vai de lançar videos em sites de fofocas e do gênero, com alta taxa de frequência de salsinhas, que assistem qualquer coisa sem se importar com o contúdo do video. Talvez por isso esse video já passa dos 90kk de views. Pelo menos a úsica é boa, já a paródia do video… fala sério… até Faustão é melhor.

  2. Que ótimo para a banda! Pra quem acha que é só hype…
    Mas será que o nome do clipe não influencia um pouco?
  3. Ah claro, tirando o fato do uploader do clipe ter mudado o título do vídeo pra “Vote Obama 08” temporariamente e ter feito uma folksomia propositalmente virada pra SEO nas tags, nada mais normal que um vídeo de uma banda brasileira semi-tosca parar no topo dos mais vistos. 😛
  4. Pingback: Ápyus » Blog Archive » O mais puro sabor do despeito…

  5. Até semana passada esse vídeo não tinha nem metade de views que tem hoje. Mas o fato de terem mudado o título a as tags também ajudaram.
  6. É fato que o nome do clipe e as mudanças das tags tiveram influência. Só que a banda tem seus méritos, pois não é fácil uma banda ser reconhecida lá fora e sua música ser tema de um comercial do iPod Touch.
  7. Esse é um caso óbvio de “gaming”, ou quando pessoas usam de meios “ilícitos” para promover conteúdo na mídia digital.
    Já foram feitos estudos, e pode-se perceber que o vídeo foi selecionado como favorito muito poucas vezes para ser tão importante, além disso, apenas uma em cada 21 mil pessoas se deu ao trabalho de dar um “rating” no vídeo, diferentemente do que acontecia com o Evolution of Dance (que não é tosco de forma alguma como já observou o Dark), que tinha algo como 1 rating a cada 590 views.
    Segue o link que contém as referências aos estudos feitos:
    http://cybernetnews.com/2008/03/05/youtube-being-gamed/

    Eu acho ridículo manchar ainda mais a reputação dos brasileiros fazendo isso…

  8. Legal o Brasil(?) estar no topo, mas Ô musiquinha chatinha e clipe igualmente chato…

    E como todo mundo já falou “hot hot sex” é extremamente apelativo, só olhar pelo rating do clipe que eles não são tão adorados assim ou que pelo menos metade das pessoas entraram ali esperando ver outra coisa completamente diferente. Deu no que deu.

  9. ” Só que a banda tem seus méritos, pois não é fácil uma banda ser reconhecida lá fora e sua música ser tema de um comercial do iPod Touch.”

    Aí já é questão de gosto pessoal, uma banda pode tocar na Casa Branca ou fazer uma apresentação particular para o Tio Gates, se eu não gostar, não vou gostar. Além do que, se vc olhar os comentários, todo mundo achou essa história muito estranha.

  10. Pingback: DoSol » Blog Archive » OPINIÃO: MARLOS ÁPYUS - O MAIS PURO SABOR DO DESPEITO

Os comentários estão fechados.