1.000.000.000.000

Na semana que passou, o Google a WEB chegou a incrível marca de 1.000.000.000.000 (1 trilhão) de páginas, segundo o Google.

Isso mostra o poder de desenvolvimento de conteúdo gerado pelo ser humano, que com tão pouco tempo de internet conseguiu produzir um conteúdo absurdamente grandioso. Lógico que no número estão alguns urls duplicadas, páginas de conteúdo dinâmico e tantas outras variáveis, porém a marca de 1 trilhão mostra que nossa humanidade está realmente vivendo a era da informação e demonstra que nunca se conseguiu gerar e disponibilizar conteúdo em tão pouco tempo e com tanta facilidade. Só para você ter uma idéia de quanto conteúdo produzimos nos últimos anos, em 98 quando o Google começou oficialmente, a base de site na web possuía 26 milhões de páginas, em 2000 chegou a marca de 1 bilhão e agora, 8 anos depois chegou a incrível marca de 1 trilhão de páginas, muitas delas ainda não indexadas pelo buscador.

Chegar a esta número é um marco para a humanidade e um desafio para o Google, que teve seu nome derivado da expressão matemática Googol, que significa o número 1 seguido de 100 zeros, ou mais precisamente 10^100 ou ainda:

10.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000.000

Veja Mais: Blog Oficial do Google

Atualização: Obrigado ao leitor Fernando pela correção, já que foi a Web que chegou a marca de 1 trilhão de página produzidas e não o Google com 1 trilhão de páginas indexadas.

Popularity: 7% [?]

6 ideias sobre “1.000.000.000.000

  1. E eu já acessei todas estas páginas!

    Falando sério agora, depois de um rápido cálculo, se você gastasse um segundo vendo cada página, você iria demorar 31709 anos, 9 meses, 19 dias 1 hora e 45 minutos (aprox) para visualizar um trilhão de páginas.

    Há 31709 anos atrás, estávamos na era paleolítica ainda.

    É, um trilhão de páginas é MUUUITA coisa.

  2. O Google encontrou 1 trilhão de URLs, mas ele *não* indexa todas as páginas.

    O 3o parágrafo começa com “We don’t index every one of those trillion pages”. Aliás, a maior parte do post fala sobre não indexar todas as páginas…

Os comentários estão fechados.