Computação em Nuvens: O futuro, segundo o Google!

Nos próximos anos deveremos ouvir muito os termos “computação em Nuvens “, “cloud computing ” e SaaS – Software-as-a-Service “. O conceito é claro, cada vez mais as informações estarão disponíveis e mais pessoas terão acesso a essas informações, graças à disponibilização de muitos serviços on-line, muitos gratuitamente, e que devem baratear o preço dos computadores, inclusive, aumentando a presença on-line de pequenas empresas e fornecedores de serviços.

O conceito não é novo para quem trabalha com internet, mas ganha cada vez mais destaque com declarações da Google estar trabalhando na sua “computações em Nuvens”. O termo refere-se à possibilidade de utilizarmos computadores menos potentes que podem se conectar à Web e utilizar todas as ferramentas on-line, seguindo o exemplo que o Google propõe com o Google Docs, Gmail e tantas outras aplicações. Assim, o computador seria simplesmente uma plataforma de acesso às aplicações, que estariam em uma grande nuvem – a Internet.

Vale lembrar, que como o termo não é nada novo, já existem vários sites que são praticamente sistemas operacionais on-line, além de muitos serviços que disponibilizam ferramentas fantásticas on-line. Exemplo recente da Adobe, que disponibilizou uma versão on-line do Photoshop.

O Jornal da Globo fez uma reportagem tentando explicar o conceito e, ao visitar a sede do Google em Mountain View tornou-se a primeira equipe de TV sul-americana a conversar com Eric Schmidt – CEO do Google. Na conversa, Eric falou que o Google compra novas empresas na proporção de uma por semana e, ao ser perguntado sobre uma possível aquisição do Yahoo!, respondeu que não há planos de comprar gigantes, mas sim de pequenas empresas que oferecem serviços “revolucionários”.

Eric também “alfinetou” a Microsoft, falando que não tem medo da empresa de Bill Gates e que a empresa deve sofrer com a concorrência da “computação em Nuvens” que deve crescer nos próximos anos e ir totalmente contra o conceito aplicado até hoje pela Microsoft. Segundo ele, o futuro está na internet, daí o interesse da Microsoft adquirir o Yahoo!.

Eric completou que o Google está trabalhando para esta “computação em nuvens”, mostrando que a empresa tem interesse em disponibilizar cada vez mais informações e torná-las cada vez mais acessíveis, seguindo o lema da empresa e, lógico, ganhando mercado e fazendo dinheiro com este público sedento por informações.

Assista a reportagem realizada pela Globo dentro do GooglePlex:

Veja o texto da reportagem na íntegra no G1

———–

Correção sugerida pelo leitor Charles M. Fontanetti:

Durante uma pesquisa na Internet eu vi um artigo no seu Blog intitulado: Computação nas Nuvens. Respeitosamente venho por meio deste rogar-lhe que corrija a tradução. “Cloud Computing” não é computação feita no céu, nas nuvens como o título parece indicar. A tradução correta usaria nuvens como metáfora. Portanto, se a pessoa falar “nas nuvens” ela perde o significado da metáfora.

Computação em nuvem é o conceito correto pois faz uso da metáfora de uma nuvem de computação ou de dispositivos de computação.

Popularity: 66% [?]

37 ideias sobre “Computação em Nuvens: O futuro, segundo o Google!

  1. Parei tudo que estava fazendo para assistir essa matéria.

    Achei muito boa.

    Principalmente pelas famosas 2 hrs diárias de projetos pessoais.

    Como eu queria!!! =)

  2. Novidade no reader:

    agora além de notas, podemos compartilhar um feed com os amigos adicionando uma nota ao feed, na opção “share with note” na versao em ingles!

  3. eu vi a materia ontem, mt boa msm! mas eu axo q isso ainda vai demorar pra vingar em alguns países, principalmente de terceiro mundo, onde nossa internet eh hiper mega ultra lenta, se comparada com japao ou EUA, onde as conexoes nas residencias ultrapassam os 100 mb facilmente, enqto que aki a gente acha q nosso link de 1 mb em casa eh otimo pra fazer downloads! e isso tb vai servir so pra softwares q nao requerem tanto processamento, como softwares de escritorios, pois programas graficos complexos seria dificil ser executados em sua totalidade de funções atraves da web!
    abraços!
  4. Pingback: Memristor e Computação nas nuvens - Kabloc

  5. Caras, de fato essa matéria foi muito interessante. Mais ainda de uma emissora que aparentemente não cita quase nada sobre internet em seus noticiários. Faz apenas propaganda de seus sites dos seus programas e do seu portal de notícias…
    Porém eu venho aqui para sugerí-los duas leituras que devem ser levadas em consideração também!
    Ambas foram postadas no Meiobit, é interessante a leitura pra mostrar que as coisas estão ficando online demais e que a internet pode entrar em colapso!
    Por favor, leiam:
    1: http://www.meiobit.com/o_stallman_est_certo_programa_tem_que_rodar_na_m_quina
    2: http://meiobit.com/o-video-online-vai-destruir-internet
  6. Com certeza, até conseguirmos ter conexões em nossas residências para compartilharmos softwares, pelo tamanho…mas em quanto isso vamos compartilhar coisas mínimas e que poderiam ser de grande utilidade se estivessem na “nuvem”…e aí…vcs. estão perguntando : o que ??? é o que eu quero saber também…
    Uma abraço a todos !!!!!
  7. Por enquanto estamos em uma fase em que a colaboração tem sido descoberta ainda, muita gente esta aprendendo a colaborar na internet. Mas quando esse aprendizado atingir um nível X, quando os usuários tiverem um conhecimento suficiente (dentro da cibercultura) para aplicarem em ações diversas do dia a dia, será que a computação distribuída, ou nas nuvens não vai dar liberdade para hackers, buggs, e malvadezas acontecerem de uma forma mostruosa?

    Porque se alguem conseguir achar uma forma de dominar o conteudo disponível da rede virtual, o risco é muito grande. Isso sim que eu chamaria de domínio! rsrs

  8. Bom na minha opinião,a google está querendo demais, certo que tornariam
    as coisas mais práticas mas o risco de se ter os dados em um disco vitual aumenta por questões de segurança, tem muita gente boa em informática
    que não aparece na TV, e isto é
    realmente muito preocupante pois nem
    as empresas especializadas em antivirus conseguem dar um fim, e ameaças vem crescendo cada mais como por exemplo os rootkits que poucos antivirus atuais conseguem
    detectar, os piratas da internet irão adorar, preparem-se..
  9. Rpz isso é a volta dos terminais burros num novo conceito de mainframes o que pode ter complicações quanto a propriedade da informação que no caso ficaria sob o domínio do google
  10. Que materia legal, mostrar mais uma vez, que o futuro é do google e que o microsoft um dia será esquecida, se não conseguir aplicar o dinheiro que já tem de uma forma intelligente….
  11. Realmente é muito interessante que o S.O. Seja apenas uma plataforma de acesso, porém a infra-estrutura da internet hj não aguenta a computação em nuvem, os investimentos das provedoras devem ser grande nessa àrea pois de uma hora pra outra o trafégo poderá ficar pior do que os das ruas de São Paulo.
  12. Pingback: Wagner Elias - Google e MSS (Managed Security Services)?

  13. Pingback: Voltaremos à era dos MainFrames ?

  14. Pingback: Blog do Márcio d’Ávila » Cloud computing - não confundir com grid computing

  15. Pingback: Brinquedinho para MSN: I-Buddy « Comunicação Intencional

  16. Pingback: G.ho.st - Bur-rêdIS

  17. Pingback: Dejavux » Qual será o Futuro dos Ssistemas Operacionais?

  18. Pingback: Computação nas Nuvens ou “cloud computing” (em inglês) « Info Felix7’s

  19. Pingback: kobi.com.br » Computação nas Nuvens: O futuro, segundo o Google!

  20. Pingback: Cloud’s Computing » Blog Archive » Definição da Tendência

  21. Pingback: Windows 7, você conhece? « Na Hipermídia

  22. Pingback: Cloud Security?

  23. Pingback: Como o Google vai dominar o mundo? | Multiplicidades

  24. Pingback: Não tem jeito, o futuro do entretenimento digital é on demand | Pois Bem

  25. Pingback: INTERCONECTADO - a informação faz parte do invividuo :: Computação nas Nuvens: O futuro, segundo o Google! :: August :: 2009

  26. Pingback: Cloud Computing e o futuro da internet

  27. Pingback: Breno Barros » Computação nas nuvens

  28. Pingback: Motorola + Android = MotoBLUR [Atualizado] « micro.underGoogle

  29. Pingback: O futuro da computao - segundo o Google - Est nas Nuvens!

  30. Pingback: Tudo que o Google sabe sobre você, em um único lugar | underGoogle - Tudo sobre Google!

  31. Pingback: Computação nas nuvens « Philosophiæ Doctor – Projeto Imagine.

  32. Pingback: O Google Phone voltou! | underGoogle - Tudo sobre Google!

  33. Pingback: Tecnologia da Informação » COMPUTAÇÃO NAS NUVEM

  34. Pingback: Google lança o Marketplace, loja de apps que rodam na nuvem | underGoogle - Tudo sobre Google!

  35. Pingback: Teste de post 2 | Camerata Callis

Os comentários estão fechados.