Google é a nova Microsoft?

Sou um observador atento do mundo da tecnologia. Acompanho os passos de muitas empresas por longos anos. Uma delas é a Microsoft. A outra é a Google. Lembro-me que a empresa de Bill Gates foi processada pelo governo dos EUA por possíveis práticas anti-competitivas pois adicionava seu navegador, o Internet Explorer, nas cópias vendidas do Windows. O prejudicado da vez era a Netscape.

Várias outras histórias envolvendo a gigante de Redmond e sua ânsia para dominar um mercado podem ser enumeradas. Uma delas é, pelo menos no Brasil, o surgimento do mensageiro MSN que acabou com o então líder de mercado ICQ. Outra é a imposição de sua suíte Office que acabou por praticamente tirar do mercado o Wordperfect.

Em todos esses casos, a Microsoft, ao ver uma oportunidade de negócios, resolveu criar um produto concorrente. Com todo o dinheiro que tinha em caixa, conseguiu dominar vários mercados. De simples fabricante de um sistema operacional – o DOS – a Microsoft entrou em vários outros nichos e, com métodos muitas vezes duvidosos atropelou quem estava na frente.

Dito isso, chegamos à Google. Só nos últimos dias, várias coisas me fizeram pensar que talvez eles sejam a nova Microsoft. Lançaram o vídeo chat integrado ao Gtalk. Claro, uma evolução que faz sentido. Mas, não seria isso uma ameaça ao Skype? Além disso, para que o sistema de vídeo funcione dentro do browser, é necessário instalar um plugin com capacidade de exibição de conteúdo multimídia. Não seria isso uma ameaça ao Adobe Flash?

Vamos agora pensar no Google Docs. Ok, ameaça à Microsoft… Não… não… Olha que interessante. Na semana passada o Google Pack, aquele conjunto de softwares de terceiros que o mecanismo de busca recomenda você baixar e instalar teve um software retirado.  Adivinhem? Sun StarOffice, ou seja, concorrente do Docs… Com o lançamento do navegador Chrome recentemente, será que o Firefox será substituído no Google Pack?

Bom, essas são algumas das observações recentes do comportamento da gigante de buscas. De formas diversas da Microsoft, a Google vai mostrando suas garras. Ambas tentam ao seu modo dominar o mundo. Só espero que lá em Montain View continuem seguindo o velho mantra “Don’t be Evil”.

Popularity: 41% [?]

22 ideias sobre “Google é a nova Microsoft?

  1. Não acho que esses exemplos sejam o suficiente para comparar o Google a Microsoft, o fato do Google lançar conversa e vídeo no Gmail é sim concorrência ao Skype, mas isso é do mercado. Ao contrário da Microsoft que já imbutia seus produtos no Windows e tornava concorrência totalmente desleal. Vejo o contrário, o Google se mostrando uma alternativa ao estilo Microsoft de agir no mercado. Afinal, ainda não vi nada do Google encaixotado em prateleiras de loja.
  2. Concordo. Longe de ser uma decisão malígna, é apenas a necessidade de sobreviver no mercado, acaba tornando as empresas em coisas cruéis e sem sentido além do lucro.

    Acho que o organizar toda a informação do mundo é demais, mesmo para o Google.

  3. Não acho o Google a nova Microsoft [2].

    Eles são uma empresa com grande potêncial para se tornar uma Microsoft ainda mais agora que o dono do Google é próximo ao novo presidente Obama. Eles ‘ainda’ não sentiram o peso da gigante de redmond pq demoraram muito para entrar na Web e agora que eles (M$) estão investindo grande na Web vamos ver o que vem por ai…

  4. O comentário anterior pode ser removido, peço desculpas. Dei enter e postou.

    Agora sim, comentando.

    Não creio que o Google vire uma MS da vida pq, ao contrário da gigante do tio Bill, a Google não fica “empurrando” produtos empacotados para os usuários, assim como ja comentaram anteriormente.

    Eles são influentes no mercado e os usuários utilizam seus produtos por este motivo e não são “obrigados” a utilizá-los. É uma livre escolha.

    Grande abraço!

  5. Acho que tudo está levando a crer que o Google será a nova Microsoft sim. Enquanto a Microsoft “deu de graça” junto com o Windows o msn, ie e Windows Media Player. O Google nos dá de graça o Gmail, Docs, GTalk, etc. A troco de que? Sistema operacional? Não. Informação. Pra venderem a publicidade bilionária deles. Nem Microsoft e nem Google estão errados não, este é o modelo de negócios deles. Não existe almoço grátis. Tem uma reportagem bacana aqui, com o Tio Bill, que ele fala que se arrepende de algumas coisas que fez no passado. Vale a pena conferir.
    http://www.inovar.blog.br/2008/11/18/%E2%80%9Cas-melhores-invencoes-devem-beneficiar-tambem-os-mais-pobres%E2%80%9D/
  6. Cara, se não me engano o sun Staroffice foi retirado do Google Pack porque, apesar de estar disponível como software gratuito, ele na realidade é pago, cerca de $ 70 (não sei se Dólares ou Reais) por licença.

    O Google pelo menos faz uma coisa boa: se um produto começa a se destacar na Internet, em vez de criar um concorrente, ele vai lá, compra e melhora. Imagine se a MS tivesse feito isso com o Netscape.

  7. A exibição de conteúdo multimídia utiliza o Adobe Flash !
    Não se trata de uma ameaça para o mesmo, como citado !

    []’s

  8. @Alessandro Santos: A Microsoft tentou comprar a Netscape, sem sucesso. Na época a Nestcape considerava a M$ como inimiga mortal e os funcionários (da netscape) chegaram até a chamar os softwares da M$ de ‘mal debugados’ o que irritou os desenvolvedores da Microsoft… ai deu no que deu.
  9. continuação: A Microsoft comprou o Hotmail… foram os pioneiros no e-mail pela Web, mas, assim como o IE… deixou de atualizar pq estava com muita fatia de mercado e ai… a concorrência apareceu GMAIL X FIREFOX.
  10. Então, Plínio, depois que respondi dei uma fuçada, e encontrei esses vídeos (que já tinha ouvido falar em listas de discussão). São muito grandes pra esperar carregar, mas já me comprometo a assistí-los…

    []’s

  11. Pingback: Posts Estrelados da Semana 55 - Bruno Godoi

  12. “Sou um observador atento do mundo da tecnologia” >> e daí?

    Concorrência é uma coisa, concorrência desleal é outra, não confunde na próxima vez que você “observar” as coisas “atentamente”.

  13. Oi José Henrique,

    O autor do Post não ressaltou que concorda com as práticas do mercado, sejam da Microsoft ou da Google.

    Felizmente ou infelizmente, o capitalismo é isso, e não se pode fugir destas práticas. Ou se joga o jogo, ou sai dele.

    Compreensão é necessário para todos, humildade é uma virtude. Devemos agradecer pessoas dispostas a trazer informação para todos nós, e tenho certeza que você pensa da mesma forma que eu.

    Abração para você!

    Plínio Ventura
    http://www.inovar.blog.br

  14. Aproveitando a deixa do Plinio,

    O objetivo de uma empresa é lucro, seja o ramo qual for, é claro que poder gerar lucro fazendo coisas “interessantes” é melhor do que copiar os concorrentes.

    Comentando sobre os monopolios da microsoft (OS, Browser, Office, etc), o google ficou a 3 horas de ter uma açao judicial aberta contra ele por tentar um monopolio na area de propaganda na web. A idéia era firmar uma parceria com o Yahoo!, 3 horas antes de um orgão do governo fazer a denúncia o google retirou a oferta.

    http://blog.wired.com/business/2008/12/doj-ace-google.html

Os comentários estão fechados.