gOS, o “não-Google OS” ganha versão 2.0

Sem dúvidas o gOS fez parte de um dos virais mais lucrativos do ano de 2007, a empresa responsável pelo desenvolvimento do sistema conseguiu colocá-lo em um computador, o gPC, que vendeu “mais que água” nos Estados Unidos, devido ao rumor do sistema ser desenvolvido pela Google, associado ao nome e pela quantidade de aplicações Google encontradas.

Os rumores passaram e o Green OS, como os criadores preferem chamar, ganho uma nova versão, melhor e com suporte nativo ao Google Gears, API que permite aplicações web rodando off-line na máquina cliente.

Entre outras novidades encontradas no novo Beta, baseado na distribuição Ubuntu, estão uma Dock Bar, muito semelhante a do Mac, um programa para WebCam[bb] com efeitos (semelhante ao PhotoBooth da Apple), Desktops virtuais, integração com o Box.net, Flash 9 pré instalado, fácil acesso à busca do Google e muito mais.

gOS

Mesmo não tendo relações diretas com a Google, o sistema merece ser testado por apaixonados por Google, por Software Livre e pelos recursos do Mac. O sistema junta o melhor de todos os mundos e dá ao usuário um gostinho de como seria um Goobuntu.

Você pode baixar o Beta da versão 2.0 direto do site do gOS.

Popularity: 9% [?]

5 ideias sobre “gOS, o “não-Google OS” ganha versão 2.0

  1. acho que o que causa definitivamente a “não-participação-do-Google” é o fato de ter um ícone da Wikipédia lá:) E que não tem nenhum ad-sence no canto direito também:))
  2. Timóteo, tem sim, é só baixar um pacote chamado “avant window navigator”, colocar para executar na inicialização de seu Gnome e configurar os atalhos desejados. o/

Os comentários estão fechados.