Microsoft não desiste da Yahoo, e fará de tudo para combater Google

Após ser rejeitada pela Yahoo, a Microsoft deve começar uma compra “forçada” da empresa de internet e investir todo o poder de fogo para combater a Google.

A empresa fundada por Bill Gates parece ter perdido a paciência, e iniciado o processo para uma compra a qualquer custo da Yahoo. Em uma entrevista a Reuters, Gates declarou que o valor oferecido pelas ações da Yahoo foi um “preço justo”. Como sabemos, o valor não contentou os diretores do conselho da Yahoo, que rejeitaram publicamente a oferta e ajudaram a afundar a moral da Microsoft.

Agora, entre os planos para concluir a aquisição, está uma operação de compra hostil de ações nesta semana, para convencer a companhia de Internet a aceitar a proposta de aquisição que tem sido rejeitada até agora.

O site do “The New York Times”, publicou que a Microsoft tentará nomear um grupo de diretores até 13 de março, se o conselho do Yahoo não aceitar negociar uma possível compra da empresa pela Microsoft.

Ainda não é confirmado, mas se a Microsoft tomar o rumo de investir em uma compra hostil de ações, deve desembolsar de 20 a 30 milhões de dólares.

Enquanto o caso da compra da Yahoo pela Microsoft corre pelos jornais, revistas e internet sem um desfecho, a Yahoo anuncia cortes de empregos para poder investir em áreas que realmente dão lucros para a empresa. Exemplo disso são os investimentos no Brasil, tanto em estrutura quanto contratação de novos empregados (que deve acontecer em breve).

Embora a Google tenha desencorajado a Yahoo de aceitar a oferta da Microsoft, citando que as duas empresas estão “do mesmo lado”, a Yahoo deve seguir alguns passos da Google e continuar a concorrência, batendo de frente com as API’s da Google. Segundo o diretor da Yahoo Brasil, há planos para abertura de API para vários serviços da empresa, além de novidades e personalização da home do Yahoo pelos usuários. Quem acaba perdendo com isso é a Microsoft que depois de ser rejeitada pela Yahoo, continua sem rumo certo no mercado on-line.

Fonte: G1, Futuro.vc e ZDNet

Popularity: 2% [?]

11 ideias sobre “Microsoft não desiste da Yahoo, e fará de tudo para combater Google

  1. Uma atitude rídicula, apesar de que toda empresa que está querendo se tornar potente tem o direito de lutar por isso. A MS já fez de tudo e pensa que pode comprar tudo.

    Tapa neles Yahoo!! 😀

  2. “Como sabemos, o valor não contentou os diretores do conselho da Yahoo! que rejeitaram publicamente a oferta e ajudaram a afundar a moral da Microsoft.”

    Oferta de compra rejeitada é lição de moral? Oi? O mercado vive disso, viu?

    Te dou um dado? A oferta hostil de compra, que é feita como oferta direta ao acionistas, ignorando o conselho diretor, é a via natural para realizar a aquisição de uma empresa quando a oferta de compra tradicional não é aceita e é regulamentada por uma legislação que torna legítima tanto a sua efetivação quando a defesa conta ela. No texto fica parecendo que Microsoft é o demônio anti-ético mastigando o cordeirinho na boca, quando na verdade ela não está fazendo nada que tantas outras grandes empresas do mundo fazem, dentro dos âmbitos da legalidade, para expandir seus domínios.

    Um texto menos passional seria mais adequado, independentemente das fontes pesquisadas.

  3. Caaaaalllmaaa bill… huahuahauhauhaua… da vontade de rir desse tipo de coisa.. Bill Gates esta se apavorando.. mas eu acho que no final ele vai acabar conseguindo comprar a yahoo
  4. Ahhhhhhhh, como sería bom ver a notícia de que o Google comprou a Yahoo só para ver o desespero da Micro$$hit.
  5. Parem de ser idiotas e compre ações da Yahoo.. que ta num desnivel médio, e qdo realmente a MS comprar suas ações vão subir no minimo uns 10%
  6. Pingback: Meu Google Reader (11/02 - 20/02) | 30 & Alguns

  7. Giovane Alex;
    Sim, com certeza! Aprenderam com a “porrada” da Microsoft, voltaram, como você mesmo disse, “das cinzas”, à moda da Fenix e hoje temos um grande browser para utilizarmos!

    Porém, com a yahoo, o buraco é bem mais embaixo.

    Escrevi um artigo sobre este tema no meu blog:
    http://fabianopereiradesigner.blogspot.com/2008/02/microsoft-quer-yahoo-de-qualquer-jeito.html

    Se quiser, passe por lá e me diga o que achou…

    Abração!

  8. Pingback: Fabiano Pereira: Designer » Microsoft quer Yahoo

  9. Pingback: Meu Google Reader (11/02 – 20/02) | 30 & Alguns

Os comentários estão fechados.