Force o Gmail a utilizar Conexão segura

Usuários preocupados com o tráfego de informações pela Web agora podem configurar o Gmail para utilizar conexão HTTPS como padrão. Quer dizer, os dados só irão trafegar pela rede de uma forma criptografada, que passa muito mais segurança na transação de dados, principalmente para usuários que utilizam redes desconhecidas ou redes WI-FI abertas.

O HTTPS já é utilizado para proteger sua senha toda vez que você loga no Gmail, mas não é utilizado como padrão, pois isso compromete a velocidade de carregamento do Gmail, uma vez que o computador precisa ter trabalho extra para criptografar e descriptografar todos os dados da comunicação entre ele e os servidores do Google.

Para ativar esta opção em seu Gmail, ele precisa estar em inglês. Aí vocè pode visitar o link “Settings” e ativar a opção Always use https” no final dos grupos de opções.

O que é o protocolo HTTPS?

HTTPS (HyperText Transfer Protocol Secure), é uma implementação do protocolo HTTP sobre uma camada SSL ou do TLS, essa camada adicional permite que os dados sejam transmitidos através de uma conexão criptografada e que se verifique a autenticidade do servidor e do cliente através de certificados digitais. A porta TCP usada por norma para o protocolo HTTPS é a 443. (wikipedia)

Veja mais informações na Ajuda do Gmail

Popularity: 10% [?]

8 ideias sobre “Force o Gmail a utilizar Conexão segura

  1. Eu enviei um email com uma sugestão de matéria, a respeito do busca compulsória pelo Yahoo criada pela Brasil telecom. Peço para depois darem uma conferida.
    Ah e quanto a matéria muito útil essa possibilidade de selecionarmos a conexão segura como padrão, pois dependendo do conteúdo visualizado previnir sempre é melhor do que remediar.
    Abraços.
  2. Acabei de cadastrar uma conta nova no gmail em portugues e ja esta disponivel. =]
    Minha internet esta ruim hoje, quero testar a diferença na velocidade em um dia que estiver decente.
    Cya under =B
  3. Acho que não aparecia para os usuários em português porque ainda não estava feita a tradução.

    Não por uma questão de teste, nem somente para usuários antigos.

Os comentários estão fechados.