Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Orkut

Orkut: Aprenda a controlar sua privacidade

Enviado por em sexta-feira, 18 abril 20085 Comentários
Diversos amigos meus se recusam a criar uma conta no Orkut. Grande parte deles mantêm um namoro que os acaba privando da rede de relacionamentos, e isso eu não discuto. Porém, a outra parcela tem medo que suas vidas fiquem expostas, e acabam ignorando o site.

O Orkut ganhou uma péssima fama depois que os scraps (recados) tornaram-se sinônimos de e-mail para muitos brasileiros. Só que, ao contrário do e-mail, os scraps podiam ser lidos por qualquer um.

orkut_scrap1.png
Não é à toa que o Orkut ganhou má fama

Hoje, o Orkut já conta com um excelente sistema de privacidade, onde você escolhe quem pode acessar o quê no seu perfil. Com poucos cliques, é simples ocultar recados, fotos ou vídeos de olhares curiosos.Para divulgar esse sistema de segurança (e tentar perder a fama de “destruidor de lares”) o próprio criador do Orkut gravou um vídeo mostrando que é possível ter um perfil sem tornar sua vida pública. Assista abaixo:

Fonte: Blog Oficial do Orkut

Popularity: 4% [?]

Bruno Soares Paulistano, 22 anos, estudante de Engenharia da Computação pela FASP, é desenvolvedor Windows e Web há 5 anos. Gostava de escrever sobre tecnologia nas horas vagas, e criou o Undergoogle junto ao Fernando Kanarski para poder acompanhar de perto a, na sua opinião, empresa de tecnologia mais inovadora dos últimos anos.

5 Comentários »

  • Ana Beatriz disse:
    nao vejo logica numa rede de relacionamentos ter ferrametas que bloqueiam acesso à certas coisas. acho q isso faz com q se perca a função principal da rede de relacionamentos. na verdade as pessoas é qe deveriam perder essa mania de usar o painel de scraps como email e ter um pouco mais de bom senso nas informações q colocam no seu orkut.
  • Essa questão de privacidade no orkut já esta sendo usada de forma tão banal e exacerbada que em alguns caos chego a pensar porque uma pessoa entra em uma rede social se não quer se socializar!?

    Imagine a situação você vê o perfil de um amigo de infância, ele entra no seu perfil já que viu que voce entrou no dele e pergunta:

    “Quem é voce?”

    Você não é capaz de responder essa pessoa porque ela bloqueou, seus scrpas, não pode deixar um depoimento como alternativa B pois também estão bloqueados, não tem certeza se é a pessoa ou não pois não tem como ver suas fotos e nem seu histórico de scraps.

    Que tipo de socialização essa pessoa permite?

    Apenas ficar sempre entre os mesmos amigos fazendo chat nos scraps?

  • A Ana Beatriz acabou sendo mais rápida mas concordo plenamente com ela !
  • Leila disse:
    Privacidade mesmo ninguem tem quando se propoe a ter seus dados, fotos e tudo mais na internet.
    E a curiosidade humana é algo tão incontrolável que os desenvolvedores do orkut tentam, mas não conseguem garantir a privacidade de ninguem. Prova disso é o site “o curioso”, que grava todos os scraps deixados no scrapbook de seus alvos. O que o orkut pode fazer contra isso?
    E concordo plenamente com o Fernando aqui. Se é para travar tudo e apenas manter seus amigos, pra que ter site de relacionamento?
    Eu mesmo já tentei deixar scrap para uma moça que me pediu ajuda e quem disse que eu consegui? Tudo travado. Lamentável.
    Abraços.
  • Juter disse:
    Realmente é muito interessante a maneira com que as pessoas “entendem” o que seja um site de relacionamento.
    Criam sua página, colocam nela fotos que não querem que os outros vejam, mandam mensagens mas não querem receber resposta, “fuçam” as páginas dos outros (o que é natural) e não aceitam que os outros façam o mesmo em suas páginas etc etc.
    Enfim, vá se entender esse tipo de gente que parece aquela menina que fica nua na praia e vai tomar satisfações com os outros que estão “invadindo sua provacidade”…
    Que privacidade se fazem em público?!