Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Google, Search

Sites em flash serão realmente indexados pelo Google!

Enviado por em quarta-feira, 2 julho 20089 Comentários

Um dos empecilhos do Flash frente à indexação pelo Google é a complicação para se indexar o conteúdo da página, já que ele nada mais é que um filme. Para tentar sanar o problema, a Adobe anunciou nesta terça-feira (1º/07) que está fazendo alterações no seu Adobe® Flash® Player para que arquivos SWF possam ser melhor indexados pelos crawlers de buscadores, como os do Google e Yahoo!.

A ação tenta recuperar o tempo perdido frente à tecnologia do Silverlight, da Microsoft, que oferece experiência similar ao Flash, mas pode ser “visualizado” pelos buscadores. Com a medida, a Adobe pode ajudar a difundir o uso de aplicações ricas para internet (RIA) e dar mais um motivo para os programadores aderirem ao uso do Adobe Flex. No Press Release da Adobe ainda foi anunciado que aplicações hoje existentes já serão indexadas, evitando dores de cabeça aos programadores.

Google melhora seu Crawler

“O Google tem trabalhado duro para conseguir ler e indexar páginas e arquivos SWF”, disse Bill Coughran, vice-presidente sênior de engenharia do Google. “Através de recente colaboração com a Adobe, agora podemos ajudar webmasters que optaram pela tecnologia Adobe Flash a indexar melhor seu conteúdo. Melhorar a indexação de conteúdo dinâmico certanente irá melhorar a experiência de busca dos usuários”.

O algoritmo desenvolvido pelo Google simulará a ação de um usuário sobre o filme, clicando sobre botões e links da aplicação. Embora a indexação torne-se realidade, limitações de filmes carregados por javascript, bem como arquivos externos, como conteúdo XML, podem não fazer totalmente parte de indexação.

Com a novidade, o crawler do Google estará preparado para indexar “gadgets”, como botões e menus, além de sites totalmente feitos em Flash desde que em seu conteúdo encontrem-se textos. Sites totalmente montados em imagens ainda não serão indexados pelo buscador.

Veja o Press Release da Adobe

Popularity: 7% [?]

Fernando Kanarski Google AdWords Certified Partner, atualmente é Analista de Novas Mídias na HouseCricket , onde é responsável por Search Marketing e WebAnalytics.

9 Comentários »