Adwords

Interessado em fazer dinheiro anunciando no Google?

Celular

Produtos do Google para seu celular favorito ou para o iPhone? Você encontra tudo aqui!

Gmail

Considerado um dos melhores Webmails do Mundo, o Gmail não pára de inovar!

Opensocial

Tudo sobre a plataforma de aplicativos para Redes Sociais do Google!

Orkut

Tudo sobre a Rede Social do Google, a mais popular no Brasil!

Início » Youtube

Vídeo Online: Google x Yahoo x Microsoft

Enviado por em quarta-feira, 5 março 2008Um Comentário

Este artigo foi entregue com exclusividade no dia 04/03 aos leitores que aceitaram receber a Newsletter do Clube underGoogle.Direto. Se você também deseja fazer parte do Clube e receber notícias e artigos em primeira mão, além de concorrer a prêmios exclusivos, cadastre-se aqui.

Vou começar esse artigo pelas estatísticas, e depois contar uma pequena história. Abaixo, a participação dos grandes três concorrentes em vídeos pessoais na internet: Google, Yahoo e Microsoft.

Visualizações de vídeos em 2007:

  • Google Video & YouTube: 3,3 bilhões
  • Yahoo Video & Yahoo Live: 340 milhões
  • MSN Video: 180 milhões

grafico_videos_1.gif

Vídeos únicos assistidos em 2007:

  • Google Video & YouTube: 79 milhões
  • Yahoo Video & Yahoo Live: 38 milhões
  • MSN Video: 20 milhões

grafico_videos_2.gif

Fonte: LiveSide

A revolução dos vídeos pessoais

Nos últimos anos, a mídia tradicional passou por grandes mudanças, de certa forma forçadas pelo mercado consumidor. A primeira revolução foi na música: a mídia física (CDs), aos poucos, é substituída pela mídia digital, fato estimulado principalmente pela pirataria e por MP3 Players[bb] a preços cada vez mais acessíveis. E a revolução da música hoje já é realidade.

 

Depois da música, uma outra forma de mídia se tornou candidata a mudar a vida dos consumidores: o vídeo. Filmes já são baixados em sites de pirataria ou serviços legais como o iTunes. Um filme acompanha o usuário emiPods[bb] e Celulares onde quer que esteja.

O formato digital permitiu que uma gama muito maior de vídeos fossem distribuídos. Aquele documentário que uma vez seu amigo comentou com você, e não existia em nenhuma locadora do bairro, agora pode ser facilmente encontrado na internet. E as possibilidades desse formato são tão grandes, que os próprios usuários passaram a produzir e distribuir seus vídeos.

Os grandes players do mercado da busca, Google, Microsoft e Yahoo, perceberam há tempos a tendência dos vídeos pessoais e passaram a travar uma verdadeira guerra em busca de usuários.

A Microsoft sempre investiu no portal MSN Video. Sua parceria com a rede NBC trouxe um grande conteúdo jornalístico de qualidade para o site. E sua exposição no MSN.com era uma imensa fonte de usuários, com milhões de visitantes por mês. Porém o MSN Video sofria da falta de personalização e de sua péssima busca. O Yahoo Video tinha uma estratégia semelhante à do MSN, por isso não entrarei em mais detalhes por aqui.

A Google, sempre buscando novos mercados, resolveu entrar na guerra. Ela já tinha um buscador de vídeos, porém reformulou o serviço e o transformou no novo Google Video. Com o tempo, o Google Video já oferecia suporte a envio de conteúdo dos usuários, venda de filmes e séries[bb] e uma busca bastante relevante. Mas o Google Video não caiu no gosto dos usuários, que demonstraram sua preferência pelo estreante YouTube.

A grande sacada do YouTube foi manter o foco no usuário: sua principal função era o envio de vídeos pessoais. Além disso, um excelente sistema de notas e comentários, e a exibição de vídeos relacionados ao atual, tornaram o YouTube o lar de muitos usuários. Toda a fama do YT chamou a atenção da Google, que não aguentava mais tentar tomar mercado da startup e resolveu comprá-la por 1,65 bilhões de dólares.

Tendo o Google Video e YouTube em mãos, a Google se tornou um monopólio dos vídeos pessoais na internet. Isso fez a Microsoft aprimorar o MSN Video. Não deu certo. Então, lançou o SoapBox para concorrer com o YouTube. E quando todos achavam que o SoapBox mataria o MSN Video, a Microsoft matou SoapBox e jogou suas funções dentro do MSN Video. Do outro lado, o Yahoo Videos estava ficando cada vez melhor: mais parcerias, melhor qualidade de vídeo e suporte a vídeos pessoais. Ultimamente a Yahoo saiu na frente e lançou o Yahoo Live, um serviço de vídeo pessoal ao vivo. O YouTube já anunciou que vai lançar um serviço semelhante.

Você pode perceber como essa guerra está agitada, e ainda vai longe. Mas, nesse momento, quem é o líder de audiência dos usuários? Sim, ele mesmo: o Google.

Popularity: 3% [?]

Bruno Soares Paulistano, 22 anos, estudante de Engenharia da Computação pela FASP, é desenvolvedor Windows e Web há 5 anos. Gostava de escrever sobre tecnologia nas horas vagas, e criou o Undergoogle junto ao Fernando Kanarski para poder acompanhar de perto a, na sua opinião, empresa de tecnologia mais inovadora dos últimos anos.

Um Comentário »

  • Willian Max disse:
    O Yahoo! Video tem conteúdo de qualidade, ainda mais com canais exclusivos do Yahoo! Music, Yahoo! Enterteiment e Yahoo! News.
    O conteúdo do portal Yahoo!, todo em vídeo, faz com que tenha qualidade garantida. :)