Fundadores do Google planejam vender uma parte de suas ações na empresa


Os fundadores do Google, Sergey Brin e Larry Page, estão com planos de vender 10 milhões de suas ações no Google ao longo dos próximos cinco anos. Page e Brin possuem atualmente cerca de 57,7 milhões de Ações Classe B comum, o que representa aproximadamente 18% das ações do Google e cerca de 59% do poder de voto. Se isso acontecer, será reduzido dos fundadores o direito de tomar decisões importantes na empresa, já que o controle passará de 59% para 48% (47,7 milhões).

Isto não significa que Page e Brin estão desistindo do controle majoritário da empresa, na realidade, eles não estão cedendo muito. Embora eles não possuam mais o direito de voto da maioria, salvo algum imprevisto em alguma circunstância bizarra que divida os seus votos, eles ainda mantêm os direitos de voto suficiente para tornar quase impossível uma votação contra eles.

Isso é algo bem normal entre os fundadores de empresas de capital aberto. Na verdade, Bill Gates tem seguido um processo semelhante com a sua participação na Microsoft, vendendo quantidades predeterminadas de ações a cada ano. Em um comunicado, o Google disse que:

“Ambos estão comprometidos como nunca com o Google e estão plenamente envolvidos no nosso dia-a-dia de gestão e estratégia de produto. A maior parte do seu patrimônio líquido permanece com o Google.”

Com o preço atual das ações do Google a US$550, as partes valeriam algo em torno de 5,5 bilhões dólares, se fossem vendidas imediatamente.

Popularity: 2% [?]

2 ideias sobre “Fundadores do Google planejam vender uma parte de suas ações na empresa

  1. Pingback: Tweets that mention Fundadores do Google planejam vender uma parte de suas ações na empresa | underGoogle - Tudo sobre Google! -- Topsy.com

Os comentários estão fechados.