Novo Projeto: Travel ‘n Tech

Olá,

Aqui é o Fernando. Não foi desta vez que você viu uma nova notícia bombástica sobre o Google por aqui. Queria avisar que nestes últimos anos, o fato de ter o blog e conhecer do universo Google, me trouxe muitos benefícios e oportunidades. Também conheci muitos leitores que viraram grandes profissionais. Mesmo assim, com tanto site bom de notícias por aí, manter o underGoogle não fazia mais sentido.

Depois de dedicar muito tempo pra carreira profissional, resolvi levar pra frente um projeto antigo e voltar ao universo dos blogs falando de tecnologia, mas aliando ela a uma paixão que desenvolvi nos últimos anos: viagens.

Assim, nasceu o Travel ‘n Tech, blog que vai falar de viagens e tecnologia, com notícias, dicas, listas, vídeos e tudo relacionado a viagens, mas com uma pegada sempre tecnológica.

Visite o novo blog e continue acompanhando meu trabalho. Vai ser incrível ver todos os assíduos usuários do underGoogle por lá.

 

Um grande Abraço!

Fernando Kanarski

Popularity: 5% [?]

Google Friend Connect está aberto para qualquer um (beta)

A batalha sobre quem irá controlar o acesso à sua identidade on-line começa a esquentar. O Google acaba de liberar o Google Friend Connect para todo mundo, agora qualquer site ou blog pode oferecer como uma opção de autenticação e adicionar gadgets em suas páginas. O Friend Connect antes era limitado em uma versão beta para alguns sites que passavam por uma seleção.

Google Friend Connect é uma resposta ao Facebook Connect. Esse último permite que outros websites adicionem uma forma para que os visitantes possam se autenticar com seu Id do Facebook e tenham acesso a conteúdo restrito do site.

Já o Friend Connect, uma vez que é baseado no OpenID, os donos de sites ou blogs podem adicionar o código do Friend Connect aos seus sites e qualquer visitante será capaz de autenticar-se no site usando seus dados de acesso do Google, Yahoo, AIM, ou OpenID. Também será possível adicionar qualquer aplicativo do OpenSocial desenvolvidos por terceiros.

Continue lendo

Popularity: 100% [?]

Google Trends para Websites, menos para o Google!

O Google acrescentou ao Google Trends a possibilidade de se comparar tráfego entre sites.O estranho é que se você tentar comparar algum dos domínios da empresa, nenhum dado é exibido!

O Google Trends for Websites combina informações de várias fontes, como pesquisa no Google, informações anônimas do Google Analytics e mais alguns sistemas de medição de tráfego de terceiros, para disponibilizar o número aproximada do visitas em um determinado site. Além de medir tráfego, o Trends mostra segmentação por região no mundo, sites relacionados e buscas relacionadas, caso elas estejam nas TopSearch do Google.

O sistema ainda permite a comparação de sites. Para isso, o usuário deve entrar com até 5 domínios separados por vírgula.

Embora ainda esteja fraquinho e disponível somente em inglês, o Google Trends para Websites pode tornar-se uma poderosa ferramenta de comparação de tráfego. Como ainda encontra-se no Google Labs, a ferramenta deve receber contínua atualização e transformar-se numa fonte confiável de comparação de tráfego de sites.

Caso o visitante da página entre com sua conta do Google, pode visualizar, em números as comparações dos gráficos, que segundo o próprio Google não são 100% corretas, mas que se aproximam muito da realidade dos sites.

Seu site não aparece no Google Trends? O Google dá prioridade para sites com maior tráfego, portanto sites com tráfego relativamente baixo ainda não aparecem no Google Trends for Websites.

Google não revela seus dados!

Muito esperto da parte do Google! Se você tentar buscar pelo tráfego dos domínios Google. como “google.com”, “gmail.com” e afins, nenhuma resposta é retornada. Quer dizer, você pode medir e comparar tráfego de toda a Web, menos do Google!

Visite: Google Trends para Websites

Popularity: 3% [?]

O Download Day do Firefox está chegando!

Download Day

Embora este blog fale somente de Google, não poderia deixar de falar do Firefox Day, dia do lançamento oficial do Firefox 3.0, que acontece na próxima terça-feira (17), e tenta colocar o Firefox no Livro dos Recordes como software mais baixado no mundo no período de 24 horas. No site da campanha, as pessoas podem se inscrever, prometendo baixar o Firefox no dia do download para ajudar no recorde. Os incritos receberão um link, via e-mail, para o download assim que o software estiver disponível.

O lançamento oficial e início da contagem dos downloads é no dia 17, iniciando durante a tarde aqui do Brasil  já que a contagem oficial deve começar entre 1:00 – 2:00 pm no horário da California.

Tenho certeza que a meta será alcançada. Já são mais de 1 milhão de inscritos que prometeram baixar o Firefox no dia 17. O Brasil ainda encontra-se em terceiro lugar no número de interessados, com pouco mais de 82 mil inscritos na página oficial do Download Day. Acredito no potencial do brasileiros e queria colaborar, espalhando a notícia por nossos mais de 10.000 leitores via RSS para que possamos passar a marcada  da Polônia, com quase 85 mil interessados, deixando o Brasil como 2º colocado no número de interessados em baixar o Firefox.

A comunidade Mozilla no Brasil também está organizando um enquete. Quem no Brasil chegar mais perto do número final de downloads ganha uma mochila e uma camiseta do Firefox.

Visite: Site Oficial do Firefox Day | Enquete da Comunidade Mozilla Brasil

Veja também a Comunidade do Download Day no Orkut.

Download Day 2008

Agradecimento ao leitor Felipe Gomes e a todos os leitores que entraram em contato pedindo ajuda para a divulgação do Download Day.

Popularity: 4% [?]

5 Coisas que você precisa aprender com o Google: Na Feed-se #2

5 Coisas que você precisa aprender com o Google é o título do primeiro artigo da Revista Feed-se nº2. Fui convidado pelo pessoal e prontamente escrevi um artigo sobre o assunto que mais gosto e mais acho motivacional para qualquer blogueiro ou profissional de Web: O Google e o novo modo de administrar o tempo de trabalho utilizado na empresa.

Veja um trecho do artigo, disponível na íntegra somente para quem baixar a revista:

“É incontestável que o Google tornou-se um dos maiores exemplos de empresa bem sucedida, que inovou a forma de administrar e hoje é modelo invejável de produtividade e qualidade no que faz. Algumas das medidas adotadas pela empresa podem muito bem ser utilizadas para projetos, tanto profissionais quanto pessoais, seja montar uma empresa, um site revolucionário ou administrar um blog.

As dicas são tão simples e tão úteis que podem ser executadas sem muita dificuldade e podem ajudar qualquer um a fazer uma revira-volta no seu jeito de trabalhar e aumentar consideravelmente a produtividade“.

A Feed-se é uma revista digital veiculada mensalmente cujo principal objetivo é levar todo tipo de informação até os blogueiros e internautas que ainda não participam desse mundo.

Um Grande Abraço ao Celso Junior e toda a equipe da Feed-se.

Download Revista Feed-se Edição 2 (8MB)

Popularity: 4% [?]

Dica: Conheça o Feed Compare

Se você escreve para um site ou blog, este recurso deve ser muito útil para você: o Feed Compare.

No melhor estilo web 2.0, o Feed Compare gera de forma simples e direta um histórico de número de assinantes feeds no FeedBurner de seu site, e compara com seus concorrentes.

É possível comparar até 4 feeds ao mesmo tempo, e utiizar um permalink para sempre retornar à análise.

Visite: Feed Compare

Ví no blog do Fabio Ricotta

Popularity: 4% [?]

Google for Bloggers: Como foi o primeiro encontro de Blogueiros com o Google

Olá Amigos, depois de uma visita fantástica à sede do Google Brasil e passar alguns dias em São Paulo, cá estou eu, novamente na rotina para atualizar o Blog e postar como foi o primeiro contato oficial entre blogueiros e o Google Brasil.

Ao chegar na quarta-feira à sede do Google, como o Helton, já nos deparamos com a decoração inusitada e incomum para uma empresa de tal porte. No chão: amarelinhas, jardins e corredores enfeitados com pedrinhas. Paredes decoradas e coloridas, além balcões com máquinas de café e água para os visitantes. Alguns minutos depois de nossa chegada, vários outros blogueiros e podcasters começaram a chegar!

Para dar início oficial ao encontro, Felix Ximenes, Diretor de Comunicação do Google Brasil entrou na sala e falou que a empresa encontra-se aberta à Blogosfera e que além de indexar e monetizar os blogs, o objetivo do Google é disponibilizar ferramentas que facilitem a vida dos blogueiros, na hora de implantar novidades nos seus Blogs. Foi exatamente este o objetivo da palestra de Rodrigo Vale, um dos engenheiros da Empresa. No palco, ele deu uma explicação sobre o objetivo e áreas de atuação do Google, e partiu para as ferramentas que mais interessam os blogueiros, como o recurso My Maps, do Google Maps, iGoogle e Criação de Gadgets, Google Analytics, OpenSocial, FriendConnect e Google Code.

Depois do Rodrigo, subiu ao palco Cinthia Assali, que falou sobre Adsense. Na palestra, nada realmente novo, mas um reforço das dicas mais importantes para ganhar dinheiro, como o posicionamento em F, dicas de que cores e formatos utilizar, o polêmico uso de links abaixo do título do post, além de uma explicação de como o leilão de links funciona.

Para finalizar o encontro formal, Alexandre Hohagen subiu ao palco e reforçou o interesse do Google manter contato com os Blogueiros e convidou todos os presentes para uma rápida visita aos escritórios da empresa, seguido de um Happy Hour no Google Pub.

Na visita, os blogueiros puderam conhecer um pouco das salas de reuniões e os famosos escritórios, onde cada funcionário possui seus objetos pessoais, muitos deles até inusitados. Por questão de segurança, ninguém pode tirar fotos de dentro dos escritórios.

Um momento de parada, foi na sala de descanso do Google, onde tive a idéia de tirar uma foto com todos os Blogueiros, mal sabia eu o tamanho da encrenca que iria arrumar, confira abaixo o tempo que perdemos para conseguir arrumar todo mundo. Vídeo do Tiago Dória.

Chegando ao Google Pub, paraíso dentro da sede do Google, os blogueiros foram convidados para um coquetel e a compartilhar o espaço tão utilizado por Googlers em seus momentos de descontração. O espaço todo estava liberado, sendo permitido aos blogueiros jogar VídeoGame, fliperama, sinuca, ter acesso às geladeiras com refrigerantes, cerveja e RedBull, além de enorme prateleira com doces, salgadinhos e guloseimas.

O momento foi para conversar e conhecer melhor os engenheiros e a comunicação do Google. Felix Ximenes estava sempre disposto a conversar e ouvir sugestões de como aproximar blogueiros do Google. Já os engenheiros trocavam idéias com os Blogueiros sobre Adsense, Friend Connect e vários outros assuntos.

O bate-papo foi até as 20h e 30 min., quando resolvemos deixar os Googlers em paz. Tiramos fotos, ganhamos camiseta e nos despedimos, com muita alegria do Google Brasil.

Além de conhecer o Google e conversar pessoalmente com o Felix, acabei reencontrando vários blogueiros , como a Dani, Renê, Fugita, Bia Kunze e Wagner.  Até acabei conhecendo outras figuras, com o Caio do Brogui, o GuiLeite (ganhei perdi dele no Wii), o Yabu (ganhei dele no Wii), . Além destes, vários outros estavam presentes, mas acabou não dando tempo para bater um papo e conhecer todos!

Durante o evento, foi entregue uma câmera aos blogueiros, para que registrassem seu ponto de vista do evento. O vídeo deve, em breve, estar disponível no Canal do Adsense no Youtube. Além disso, uma parte das palestras foi gravada e pode ser disponibilizada pelo Google Brasil. Assim que tiver informações, publico aqui.

Para os blogueiros que não foram, há uma boa notícia, até o final do ano, deva acontecer o 2º Encontro do Google com Blogueiros!

Veja mais fotos aqui, aqui e aqui.

Popularity: 8% [?]

Google for Bloggers: Blogueiros no GooglePlex São Paulo

Está marcado para esta quarta-feira, dia 21, o encontro entre o pessoal do Google Brasil e blogueiros brasileiros. O convite foi enviado para alguns blogueiros, que devem comparecer ao escritório da empresa para uma conversa com engenheiros e diretores do Google Brasil.

O objetivo do pessoal do Google é se aproximar da blogosfera e mostrar como utilizar os produtos do Google em blogs para ter a máxima eficiência técnica e financeira, além de mostrar como integrar o conteúdo do blog à redes sociais através do OpenSocial, para isso, será realizada uma palestra com Rodrigo Vale, engenheiro do Google Brasil. Também está prevista uma palestra  de “Como ganhar com o Adsense” com Roberto Grosman, diretor de AdSense do Google Brasil. Além das palestras, haverá discussões sobre evolução da internet, a web 2.0, o crescimento das redes sociais e a atuação do Google na web.

A abertura deve ser feita pelo Felix Ximenes, diretor de comunicação do Google Brasil, às 15h.

O encerramento deve ser feito pelo Alexandre Hohagen, presidente do Google Brasil e após o encerramento todos os blogueiros presentes farão um tour “pelo fantástica fábrica de Chocolates” pelo escritório do Google seguido de um happy hour no Google Pub.

Para quem não recebeu o convite, aconselho que veja novamente sua caixa de entrada, veja sua pasta de Spam e verifique todos os e-mails, talvez o bilhete dourado convite esteja lá.

Quer saber o que os blogueiros irão encontrar lá? Assista aos videos abaixo:

Lógico que o underGoogle estará presente. Sairei de Curitiba para participar do encontro e tentarei, na medida do possível, registrar cada momento do evento e publicar posteriormente aqui no blog. Para quem quiser ficar ligado na cobertura ao vivo, aconselho que me siga no Twitter (@nandokanarski ou @undergoogle).

Popularity: 5% [?]

Dreamhost instala Google Apps automaticamente para novos domínios

O Google Apps é composto de uma série de aplicações Google que podem ser instalados sob um domínio, permitindo ao dono do site utilizar ferramentas como Gmail, Google Docs, Google Talk e Google Sites de forma personalizada para sua empresa ou site pessoal.

Ontem, ao adicionar um novo domínio em minha conta do Dreamhost, me deparei com a opção de configurar automaticamente o Google Apps para aquele domínio. Quer dizer, todos os e-mails já passam a ser gerenciados pelo Google e toda a configuração tanto para verificação do domínio quanto alterações em servidor MX e Cname já são executados automaticamente. Ao criar uma nova conta com a opção ativa, usuários precisam somente acessar um link direto como o Google Apps e definir um e-mail e senha para o administrador do Google Apps.

A integração, que é gratuita, diminui o consumo de tráfego e espaço no Host e ainda fornece uma gama interessante de ferramentas para os clientes. Nada mal para ser implantado em outros serviços de hospedagem!

Caso esteja interessado em testar o Dreamhost, lembre-se que aqui no underGoogle você encontra um vale desconto de 60% na primeira anuidade do serviço. Quer dizer, dos $119,00 que você iria pagar para um ano, você acaba pagando menos de 48 dólares.

Popularity: 6% [?]

Google Alerta: Cuidado com Adsense logo abaixo do título de posts!

[Atualizado] Uma prática muito comum entre os blogueiros, é o posicionamento de um quadro de Links Adsense logo abaixo do título do post, confundindo o leitor e praticamente o forçando a clicar nos links. Esta prática pode ferir algumas regras da política do Adsense, e agora pode estar com os dias contados.

Segundo os responsáveis pelo Adsense, o uso desta prática pode ferir os termos do serviço e levar o Editor a perder anunciantes, diminuindo drasticamente ganhos. A regra do Google se aplica aos casos em que o editor publica uma lista de links, geralmente em forma de quadrado, com cores muito semelhantes ao conteúdo e que acabam transformando os anúncios em complemento do título, confundindo muitos leitores não familiarizados com o blog. Muitos deles acabam clicando nos anúncios, pensando ser conteúdo. Outra prática muito comum e que pode prejudicar editores é a mistura de listas e links com os anúncios do Adsense.

A imagem abaixo mostra um caso clássico que vai contra as regras do Adsense:

Adsense

Adsense: O que não pode ser feito!

Em entrevista com o Blogueiro Rafael Slonik, do novo-MUNDO.org, que conhece muito bem o Adsense e consegue um bom faturamento com otimização e bom posicionamento dos anúncios, perguntamos se a regra pode afetar o faturamento dos blogs que se utilizam desta prática: “Vai afetar o faturamento caso o editor realize mudanças. O próprio Google Adsense sempre recomendou integrar os anúncios com o conteúdo em contraste com a política que proíbe tal feito. Mas o que se deve pensar nesse caso é: melhor alguns pássaros na mão do que um banimento do Adsense“.

Perguntado também sobre a série de alterações feitas no Adsense ultimamente e sobre a nova política adotada pelo programa, Slonik falou que “é comum essas “filtragens” acontecerem ao longo do tempo. O Adsense não é o melhor programa de monetização por acaso. Eles sempre estão inovando e se reciclando para manter o foco no benefício ao anunciante. Devem ter concluído que esta prática de anuncios abaixo do título não converte muito bem, então exigem as mudanças dos publishers“.

“Para os bons editores isso vem a calhar. Muitos blogs podem ser banidos, e se isso vir a acontecer, diminuem as impressões de anúncios trazendo aqueles anúncios que pagam mais. É a dinâmica do leilão do Adwords/Adsense“, completou Slonik.

Popularity: 6% [?]

underGoogle também ganha Sitelinks

Vi há alguns dias que o BrPoint havia ganhado SiteLinks, aqueles links que aparecem no primeiro resultado, quando uma busca é realizada com o nome do site. O Bruno Alves estava feliz, porém não sabia explicar a lógica para os Sitelinks aparecerem para alguns sites.

Bem, com mais de 100.000 resultados para o termo “underGoogle” e várias páginas bem acessadas, percebi que tanto no caso do BrPoint e Portal Cab, quanto do underGoogle, o link “Mais resultados de undergoogle” aponta para a seguinte busca: “site:undergoogle.com undergoogle”, isto é, páginas muito bem acessadas e relevantes, dentro do domínio “undergoogle.com” e que contenham o termo “undergoogle”. Percebi também que nos 3 casos, o title de todas as páginas dos sites contém o nome do blog além de seus autores estarem cadastrados no Google Webmaster Tools.

 

Sitelinks underGoogle

A Central de Ajuda do webmaster dá uma explicação básica quanto ao aparecimento dos SiteLinks para de terminados termos:

Só exibimos links de sites nos resultados quando achamos que eles podem ser úteis para o usuário. Se a estrutura do seu site não permitir que nossos algoritmos localizem bons links de site ou se você achar que os links para seu site não são pertinentes à consulta do usuário, nós não vamos exibi-los.

Bem, a exibição do SiteLinks, que é gerada automaticamente, ainda encontra-se instável para alguns sites. Esperando que em breve torne-se padrão para os sites que os siteLinks esporadicamente aparece.

Popularity: 2% [?]

Vídeo final do Gmail Stories

Há algum tempo o time do Gmail lançou um desafio aos usuários do serviço: Interessados deveria produzir um vídeo contando como o Gmail ajuda em suas vidas e o quão produtivo ele torna seu dia a dia.

A idéia foi lançada inicialmente no blog do Gmail, contando com um vídeo[bb] feito pelos próprios engenheiros da Google, falando sobre quando o serviço tem ajudado em sua produtividade. Veja o vídeo abaixo:

Depois de pouco mais de um mês, mais de 1500 vídeos chegaram e o pessoal do Gmail fez uma compilação do que havia de melhor entre os melhores vídeos enviados. Uma surpresa foi ver a Rosana Hermann lá do Querido Leitor entre as caras que aparecem no filme[bb].

A compilação final pode ser vista abaixo:

Todos os vídeos, inclusive o da Rosana podem ser vistos no Youtube.

Popularity: 2% [?]

Manual do Blogueiro Mercenário

O Manual do Blogueiro Mercenário, as dicas são uma tradução das regras e dicas do Adsense escritas, digamos, de uma forma mais popular.

Veja uma das dicas:

“Permita que os sites de busca, especialmente o Google, entendam o seu conteúdo. Utilize palavras-chave de buscas no seu texto, especialmente no título, nas tags e categorias do seu conteúdo.”
TRADUÇÃO: Nada de firulas. Deixe a literatura para as mídias antiquadas e transforme seu conteúdo num almanaque de informações calculistas dispersas a esmo desde que devidamente catalogadas por um índice de títulos verbéticos. E se quiser faturar mesmo inclua o sufixo “nua, pelada e sem-calcinha” após cada tópico listado.
 

Leia na íntegra: Dicas de Otimização para o Adsense.

Caso queira ver as dicas de uma forma mais formal, não deixe de assistir ao vídeo da Palestra do Adsense, realizada em Outubro para alguns editores brasileiros, na qual estávamos presente.

Popularity: 2% [?]

Cuidado com retrospectivas, seu site pode ser banido do Google!

Muitos blogueiros adoram fazer uma retrospectiva de posts durante o final de ano, reciclando alguns artigos e levando novos usuários a conhecer o conteúdo do blog através de uma série de links.

O problema é que se colocada uma grande quantidade de links em uma única página, apontando para o mesmo domínio ou com textos um pouco semelhantes, pode levar o Google a entender isso como Spam ou tentativa de promover um determinado site, o que o leva a exclui-lo dos resultados das buscas.

OK, em um único post eu não preciso colocar tantos links para minha retrospectiva, mas o problema fica na home ou nas páginas arquivadas, onde todos os posts são exibidos juntos e onde a quantidade de links pode se multiplicar conforme a quantidade de posts exibidos.

Alguns falam para utilizar até 25 links em uma página, outros falam em até 100, mas o que se sabe é que quanto menor a quantidade de links em um página e quanto maior sua relevância, menores os problemas na hora da indexação. Inclusive para criação de Sitemaps, o Webmaster Guidelines recomenda que sejam somente utilizados 100 links por página, portanto uma grande quantidade deles, muito próximos e apontando para o mesmo domínio podem ser considerados problemas pelo crawler do Google e podem acabar causando dor de cabeça aos Webmasters.

Aconteceu no Undergoogle

Durante o mês de Dezembro de 2006, fiz aqui no Undergoogle uma retrospectiva do ano todo, com um post por mês contendo dezenas de links para conteúdo do blog. O número de links individuais para cada post não foi tão grande, porém na página de arquivo, onde os 11 posts apareceram juntos, houve um número enorme de links, fazendo com que em 1 ou 2 dias o Google simplesmente parasse de exibir resultados do Undergoogle em suas buscas. Imagine como não caiu nossa visitação.

A Solução: Remover os links e entrar em contato com a empresa para que o problema fosse revisto e o site voltasse a ser indexado. Voltamos a aparecer normalmente nas buscas em 2 ou 3 dias.

Popularity: 2% [?]