Google lança o Marketplace, loja de apps que rodam na nuvem

Para provar que está levando a sério a computação em nuvem, o Google acaba de lançar o tão esperado Marketplace para o Google Apps. O Marketplace possibilita que você navegue em uma série de aplicativos criados por mais de 50 empresas parceiras do Google, a nova “loja” permite que milhões de administradores do Google Apps descubram e comprem aplicativos de terceiros que rodam na nuvem e “instale” esses aplicativos em seus domínios.

O Marketplace é um atalho entre fornecedores de software até a base de clientes do Google Apps, que hoje conta com mais de 25 milhões de usuários de 2 milhões de empresas e universidades. Como o Google utiliza padrões abertos como o OpenID e OAuth, fica mais fácil construir aplicações (ou integrar aplicações existentes) ao Google Apps Marketplace.

Adicionar um aplicativo do Marketplace ao seu domínio é bem simples, uma tarefa que leva quatro cliques. As aplicações podem ser facilmente gerenciadas a partir do painel de controle do seu domínio e acessada pelos usuários através dos links que ficam no menu superior nas ferramentas do Google.

Depois de instalados no domínio da empresa, esses aplicativos criados por terceiros funcionam como aplicações nativas do Google. Com a aprovação do administrador, elas podem interagir com o calendário, e-mail, documentos e contatos.

O Google está querendo atrair desenvolvedores para sua plataforma. Se você tem um aplicativo que roda na nuvem e já integrou ele ao Google Apps, pode brincar também desembolsando uma taxa de US$100 para participar do programa. Com essa taxa de entrada, você pode adicionar quantos aplicativos quiser, o único problema é que demora um tempo para seu aplicativo ser aprovado.

Você pode assistir também o video de lançamento do Marketplace no Campfire One. Ou, se preferir ir logo explorar o Google Apps Marketplace diretamente em http://google.com/appsmarketplace.

Nos dias 19 e 20 de Maio o Google vai explicar melhor como funciona o desenvolvimento de aplicações para empresas, no Google I/O. Fiquem ligados!

Popularity: 6% [?]

Envie qualquer arquivo para a nuvem com o Google Docs

O Google acaba de anunciar que, como um novo recurso do Google Docs, agora será possível enviar qualquer arquivo que você deseja para a sua conta no serviço. Você poderá fazer upload de qualquer arquivo, com o limite de tamanho de 250 MB. O limite de armazenamento será de 1 GB (gratuito) e se você precisar de mais espaço, será possível comprar espaço adicional, que vai custar $0.25 por GB/ano.

Ainda não foi divulgado se o novo recurso vai funcionar com o Google Gears, que foi adicionado ao serviço no ano passado, utilizando o compartilhamento de pastas, você pode armazenar, organizar e compartilhar arquivos mais facilmente usando o Google Docs, também vai ser possível utilizar a ferramenta de busca para encontrar seus arquivos armazenados.

Ao longo das próximas semanas, o novo recurso começará a ser implantado nas contas do usuários da ferramenta, para os empresas que usam a versão paga do Google Apps, o Google indica três aplicativos para facilitar o armazenamento de arquivos na nuvem, são eles:

Memeo Connect for Google Apps – um aplicativo para desktop que oferece uma maneira fácil de acessar, enviar e sincronizar os arquivos locais para o Google Docs em vários computadores, funciona em PC e Mac.

Syncplicity – oferece as empresas a possibilidade de efetuar back-ups automaticamente e ao mesmo tempo gerenciar arquivos no Google Docs. (PC)

Manymoon – é uma plataforma de gerenciamento on-line de projetos, que torna mais simples organizar e compartilhar tarefas e documentos com colegas de trabalho e parceiros, incluindo envio de arquivos para o Google Docs.

Na versão empresarial do Google Docs, o preço do espaço adicional será $3.50 por GB/ano. E o recurso só estará disponível nos próximos meses.

[Google Enterprise Blog]

Popularity: 4% [?]

Google responde as recentes falhas do Gmail com Apps Status Dashboard

Em resposta as recentes falhas do Gmail, o Google lançou o Google Apps Status Dashboard. A nova ferramenta oferece informações dos “status” dos produtos do Google Apps mais populares da empresa, incluindo Gmail, Calendar, Google Talk, Google Docs, Google Sites, entre outros.

A idéia da ferramenta é manter as pessoas atualizadas sobre o que está acontecendo com determinado produto, principalmente as pessoas que não acompanham os blogs da empresa. O Google tem mostrado que sabe lidar com eventos inesperados, embora suas falhas durem por pouco tempo, milhares de pessoas são prejudicadas quando elas ocorrem, apesar de não mostrar em tempo real o que está acontecendo com determinado produto é uma boa para acompanhar os bastidores do seu produto favorito.
gasd
Essa seria mais uma maneira de mostrar que você pode confiar suas informações, arquivos e  inclusive sua empresa ao Google?

Popularity: 65% [?]

Como o Google Apps pode ajudar a sua empresa

Olá meu nome é Almir F. Rivas Jr trabalho em computação há bem mais de 20 anos (para ter uma idéia da uma olhada no meu primeiro computador) e desde jan/2005  acompanho um pouco mais de perto as tecnologias Google.

De dois anos pra cá comecei a estudar mais intensamente e há um ano me tornei um Google Enterprise Professional fazendo um treinamento de instalação e utilização do Google Earth Enterprise e outro do Google Search Appliance.

O Google Apps é uma das ferramentas mais interessante do Google. Na verdade ele é um conjunto de ferramentas Gmail, Talk, Agenda e Docs. Se não esqueci de nenhuma essas são as principais.

O que você pode fazer com cada uma delas: Mandar e receber e-mail, agendar reuniões enquanto manda os e-mails, enviar arquivos, falar pela internet utilizando voz, compartilhar recursos da sua empresa (como a sala de reunião), criar documentos, criar planilhas , criar apresentações e o mais importante de tudo colaborar, trabalhar em equipe.

O Google Apps pode ser utilizado gratuitamente (versão Standard) ou pago (Versão Professional) obviamente há diferenças entre as duas versões  dentre as quais podemos destacar a API para integrar o Apps com os software existente na sua empresa.

Agora vamos ver como o Google Apps pode ajudar a sua empresa seja ela pequena, média ou grande.

  1. Legalidade – Você não precisa mais ter software pirata na sua empresa para escrever uma proposta, para criar uma planilha de custos ou para fazer uma apresentação para seu cliente;

  2. Suporte técnico – Esqueca o instala e desinstala. Se você instalar um Windows bem comportado você nem vai lembrar mais de tela azul agora se você tem uma estação de trabalho Linux melhor ainda;

  3. Máquinas leves – Máquinas com o hardware mais barato possível afinal tudo roda na Web, exceto seu navegador;

  4. Publicação – Publique seu documento, sua planilha, sua apresentação na Web e distribua suas idéias para quem precisar;

  5. Mobilidade – Os arquivos criados ficam nos servidores do Google e você pode acessá-los de qualquer lugar que tenha um acesso à internet;

  6. Compartilhamento – Se desejar que apenas algumas pessoas tenham acesso aos seu documentos. Basta compartilhar, não precisa que ninguém tenha nenhum software específico instalado na máquina além de um navegador;

  7. Colaboração – Quer criar uma planilha, um documento ou uma apresentação com alguém que está em outro local de trabalho, outra cidade, outro continente? Sem problemas isto pode ser feito ao mesmo tempo;

  8. + Colaboração – Quer conversar com o pessoal que esta em outra sala, com seus filhos em casa, com a filial de Minas? O Google Talk “acoplado” no Gmail faz isso sem problemas;

  9. Lembretes – Quer lembrar de dar uma olhada no material da reunião mesmo no domingo depois do churrasco. O Google Calendar permite isso mandando mensagens para seu celular;

  10. Atualizado – Quer acompanhar as notícias do seu time, do mercado financeiro enquanto escreve seus e-mails. O Gmail permite isso.

Bom começamos com esta visão geral do Google Apps para que vocês saibam o que vem pela frente. Isto é uma visão bem resumida do Apps. Daqui pra frente iremos falar mais dele, de busca corporativa, de Google App Engine e por ai vai.

Um grande abraço à todos e obrigado ao Fernando pela oportunidade.

Popularity: 17% [?]

O Notebook, a Nuvem e o Outro lado

Olá pessoas, meu nome é Rafael Arcanjo e estou aqui abrindo a semana de convidados no UnderGoogle do meu amigo Nando Kanarski. Sem mais delongas, vamos ao que interessa.

Muita gente acompanhou o ocorrido que relatei no arcanjo.org há alguns dias a questão do furto do meu notebook. Foi uma situação complicada que eu espero que ninguém passe por ela. E também, um pouco antes, eu comentei um artigo do UnderGoogle e critiquei a forma que estava sendo colocado o  conceito de Cloud Computing que o Google estava propondo.

Aqui, eu vou tentar unir os dois artigos, colocando o outro lado do assunto: Como eu teria menos prejuízo caso utilizasse alguns aplicativos Google e o conceito de Cloud Computing.

Primeiramente, na minha opinião, o conceito de Cloud Computing nada mais é do que uma velha mania de dar nomes novos aos antigos conceitos que já existiam ou inevitavelmente seria o caminho natual das coisas, como a Web 2.0 (e a tal Web 3.0 que já bradam por aí aos quatro cantos).

Quem tem notebook sabe que guardamos muita informação no portátil. E que um bom backup é essencial sempre, tanto dos arquivos quanto dos emails. Abaixo algumas soluções que poderiam diminuir (e alguns até diminuiram) o prejuízo lógico.

E-mail

Muita gente já usa o e-mail do Google, o famoso Gmail. Porém, em casos como o meu que precisa utilizar o domínio próprio, algumas pessoas utilizam o provedor de e-mail do serviço de hospedagem. Porém, alguns não sabem que dá para utilizar, gratuitamente, a tecnologia de e-mail do Google o seu domínio personalizado, bastando utilizar o Google Apps. Assim, todos os meus e-mails, mesmo que eu os baixe ou envie com um cliente offline de mensagens, como o Thunderbird ou o Outlook, terei uma cópia do mesmo online, aproveitando os quase 8GB hoje disponibilizados.

Além disto, os contatos também estarão sempre online e salvos.

Neste caso eu me salvei, pois meus e-mails são praticamente todos do Google.

Leia um artigo sobre o Google Apps aqui no Undergoogle

Agora, uma dica: quem não tem um e-mail com a tecnologia do Google, pode utilizar o método de encaminhar para uma conta criada especificamente para Backup ou então utilizar o serviço de Pop para outras contas no gmail em Configurações – Contas. Para saber mais, leia aqui.

A pergunta é: você confiaria todos os seus e-mails no Google, inclusive os não Gmail ?

Backup

O mesmo Gmail pode ser utilizado como disco virtual para Backup dos arquivos no seu computador, utilizando de uma extensão chamada Gmail Drive. Ela cria um disco virtual em seu computador, tipo um pendrive, onde você se loga e tem permissão para armazenar o que quiser.

Depois de armazenado, os arquivos ficam disponíveis em sua conta do gmail, podendo ser acessados de qualquer lugar e a qualquer hora.

Neste caso eu me estrepei. Não havia configurado esta opção. Porém agora (só aprendemos apanhando) um HD externo já está a caminho.

A pergunta é: você confiaria todos os seus arquivos no Google?

Fotos

O PicasaWeb cumpre bem o papel de manter todas as fotos online (com limitação de até 1GB na conta grátis. Nos planos pagos o espaço é bem volumoso). Além de tudo, se integra bem com o Picasa instalado no computador, descobrindo as fotos automaticamente e permitindo que você faça o Upload de forma imediata, diminuindo os riscos de perda de algo importante.

Neste caso eu dancei em partes. Não usava o PicasaWeb, mas outros serviços de armazenagem de fotos (flickr). Porém, não foram todas as fotos que eu subi, então…

Documentos

O Google Docs é uma boa opção para armazenamento dos documentos, porém ainda tem muito o que melhorar no que diz respeito aos concorrentes Offline, como o Office 2007, e na hora de preservar a fidelidade dos arquivos que fazemos o upload. Tirando isto, pode ser uma boa pedida na hora que se precisa recuperar aquela planilha que você demorou tempos para desenvolver.

A pergunta é: você confiaria todos os seus documentos no Google, inclusive aquela planilha contendo senhas?

Porque eu estou pergutando sobre a confiança que você tem no Google? Hoje em dia a gigante é muito obscura, ninguém sabe ao certo o que o Google pretende com este amplo domínio, inclusive agora entrando no mundo dos celulares com o Android.  Esta questão da privacidade eles dizem quem levam muito a sério, mas provar isto ninguém provou até hoje. Espero que levem a sério mesmo é o lema da empresa: Don’t Be Evil !

Enfim, creio que com estes tipos de arquivos a salvo, o prejuizo é bem menor. Porém, a solução mesmo seria o tão esperado Google Drive, que parece que subiu no telhado e até hoje não foi lançado. Imagino que ele seria tipo o Gmail Drive que eu comentei acima, porém sem a limitação de tamanho do arquivo. Resolveria parte dos problemas, dependendo do tamanho disponibilizado para as contas free e se o valor para as contas pagas não ser muito abusivo. Porém ainda continuo preferindo um Hd Externo.

Popularity: 15% [?]

Dreamhost instala Google Apps automaticamente para novos domínios

O Google Apps é composto de uma série de aplicações Google que podem ser instalados sob um domínio, permitindo ao dono do site utilizar ferramentas como Gmail, Google Docs, Google Talk e Google Sites de forma personalizada para sua empresa ou site pessoal.

Ontem, ao adicionar um novo domínio em minha conta do Dreamhost, me deparei com a opção de configurar automaticamente o Google Apps para aquele domínio. Quer dizer, todos os e-mails já passam a ser gerenciados pelo Google e toda a configuração tanto para verificação do domínio quanto alterações em servidor MX e Cname já são executados automaticamente. Ao criar uma nova conta com a opção ativa, usuários precisam somente acessar um link direto como o Google Apps e definir um e-mail e senha para o administrador do Google Apps.

A integração, que é gratuita, diminui o consumo de tráfego e espaço no Host e ainda fornece uma gama interessante de ferramentas para os clientes. Nada mal para ser implantado em outros serviços de hospedagem!

Caso esteja interessado em testar o Dreamhost, lembre-se que aqui no underGoogle você encontra um vale desconto de 60% na primeira anuidade do serviço. Quer dizer, dos $119,00 que você iria pagar para um ano, você acaba pagando menos de 48 dólares.

Popularity: 6% [?]

Google Docs ganha edição de CSS, configuração de página e Vídeos

Entre as novidades recentes do Google Docs, suíte on-line de aplicativos para escritório do Google, foi disponibilizada a opção de customizar o documento através de CSS, assim, ao acessar a opção “Editar CSS”, no menu “Editar”, usuários poderão mudar configurações nos parágrafos, marcadores e até adicionar um plano de fundo ao documento. Veja esta página, no Groups, como vários exemplos de customização do documento.

Também é possível fazer a alteração de tamanho da folha, margens, tamanho do papel e lugar da paginação, através do menu “Configurações de impressão” no menu “Arquivo”

Outra grande novidade, ficou com o Google Presentations que agora suporta vídeos, do Youtube é claro! Ao editar uma apresentação, o usuário poderá ter acesso ao link “inserir vídeo” que está diretamente ligado à busca do Youtube. Basta selecionar um vídeo e clique no botão inserir que o Docs á coloca o filme desejado na apresentação!

Uma das possibilidade utilizando o novo recurso é a de criar uma apresentação, com vários vídeos do Youtube (um em cada página) e depois compartilhar a apresentação, inserindo o player do Presentantions em seu site ou blog. Veja um exemplo abaixo:

Popularity: 9% [?]

Google Apps recebe novo Gmail

google_apps64642.jpg

Finalmente empresas, estudantes e outros usuários do Google Apps (conhecido também como “Google para Empresas”) ganharam as novas funcionalidades do Gmail.

As novas funcionalidades, por enquanto, são opcionais e podem ser liberadas ou não por um administrador de grupos no Painel de Controle do Apps.

Dentre as novidades estão:

  • Interface mais rápida;
  • Marcadores coloridos;
  • Bate-papo em grupo;
  • Novo gerenciador de contatos;
  • Novos atalhos de teclado;
  • Qualquer busca ou mensagem pode ser guardada nos favoritos.

Todas elas já são conhecidas pelos usuários comuns do Gmail.

Fonte: Official Gmail Blog

Popularity: 8% [?]

10 coisas que você vai adorar no Google Sites

Este artigo foi enviado com exclusividade aos leitores do Clube underGoogle.Direto no dia 11/03. Se você desejar receber dicas e tutoriais com antecedência em sua caixa de e-mail além de concorrer a prêmios exclusivos, não deixe de se cadastrar no Clube underGoogle.Direto

google_apps6464.jpg

Lançado em 28 de fevereiro, o Google Sites é a mais nova proposta de levar ferramentas práticas e totalmente online ao mundo corporativo. Com o GSites, é possível criar um site na intranet (rede interna) da empresa em questão de minutos, além de gerenciadores de tarefas, sites pessoais ou até mesmo blogs. Empresas têm carência por centralizadores de informações, e o GSites, por ser gratuito, torna-se a ferramente ideal para muitas delas.

O sistema é uma evolução do Jotspot, comprado pela Google em 2006, e faz concorrência direta com o consolidado Sharepoint, da Microsoft.

A Google fez um serviço tão bem feito, que fizemos uma lista com os 10 recursos que vão fazer você adorar o Google Sites.

  1. É gratuito e pode ser configurado para seu domínio em questão de minutos. Para utilizar o Google Sites, você precisa inscrever seu domínio no Google Apps, fazer a validação do servidor e pronto! Basta sair construindo páginas para sua empresa, sala da faculdade ou página pessoal;

  2. É fácil de usar. Embora esteja em inglês, o sistema é muito fácil de ser utilizado. Pela primeira vez pessoas leigas poderão gerenciar um site interno de uma empresa ou de um grupo de universitários, sem mesmo ter conhecimento de HTML ou qualquer coisa ligada à programação. Nem com a publicação dos arquivos há de se preocupar, já que tudo já está online;

  3. Tudo é integrado. O Sites possui integração com vários serviços do Google Apps. Assim usuários podem, com uma única conta, gerenciar emails, calendários, documentos e páginas;
  4. Sistema de permissões. Semelhante ao editor de textos Google Docs, é possível convidar pessoas (ou grupos delas) para visualizar ou editar uma página. Ainda é possível tornar a página privada ou pública, tudo com poucos cliques;

  5. Gadgets! Além de editar textos e inserir imagens, é possível adicionar mini-aplicativos às suas páginas no Google Sites. Dentre os mais legais, estão calendários (Google Calendar), documentos (Google Docs), Slideshow (Picasaweb), apresentações (Presentation), planilhas e formulários (Spreadsheets), vídeos (YouTube e Google Video) e até Gadgets do iGoogle ou de um Feed RSS. Para adicionar um mini-aplicativo, basta colar a URL do serviço e o editor se encaminha de fazer o resto!

    Google sites 4

  6. Gerenciar arquivos nunca foi tão prático! Com o Google Sites, os usuários poderão criar uma página só pra gerenciar arquivos, onde é possível utilizar o espaço de 10 GB oferecido para cada Conta do Google Apps;

  7. Colaborativo. Graças à filosofia colaborativa “à la Wikipedia” adquirida com o Jotspot, outros usuários podem ajudar a modificar suas páginas. O melhor, é que praticamente qualquer alteração em páginas e arquivos pode ser enviada automaticamente para o seu e-mail. Basta clicar no menu “Subscribe to site changes” para ser informado a cada vez que alguém alterar algo;

    Google Sites 2

  8. Crie um blog interno. Além de todos os recursos para criação de páginas, o Google Sites ainda permite a criação de um blog, que pode ser atualizado por qualquer um dos autorizados a editar o site, e servir de fonte de informação para a empresa ou grupo que está utilizando o Sites. As entradas no blog permitem comentários e até que arquivos sejam anexados às mensagens;

  9. Que tal criar um sistema de gerenciamento de chamadas? Nada mais útil numa empresa que um sisteminha de abertura de chamadas e resolução de problemas para controlar todas as tarefas que precisam ser feitas durante o dia. Para isso, o Google Sites conta com o tipo de página List, que cria justamente esta lista, que ainda pode ter seus campos personalizados;

  10. Personalize! Ficamos impressionados com a quantidade de opões de personalização que existem no Google Sites. É possivel editar os Gadgets, as Listas, Sidebar, templates, Acesso, Cores, disposição dos textos, posição do menu e muito mais…

Claro que, por ser um sistema online e de uso prático, o Google Sites tem alguns pontos fracos, principalmente se comparado a ferramentas profissionais de edição, como o Adobe Dreamweaver. Porém, a facilidade e alguns recursos como adição de gadgets, colaboração e sistema de permissões são matadores, e podem fazer a diferença em muitas empresas que não dispoem de profissionais ou ferramentas para gerenciar informações.

 

Quer ver a página de testes que usamos para construir este artigo? Clique aqui!

Visite agora: Google Sites

Popularity: 8% [?]

Google revive Jotspot com Google Sites

Depois de muitos rumores e especulações, o Google Sites foi lançado. O serviço é restrito ao usuário do Google Apps e precisa ser habilitado pelo administrador da conta. Utilizando a tecnologia adquirida com a compra da JotSpot, o serviço premite a criação colaborativa de sites com a possibilidade de inserir informações e interagir com serviços Docs, Calendar, Youtube e Picasa.

Assim como o Docs, é permitido convidar usuário e controlar permissões, preservando o princípio de Wiki, muito utilizado no JotSpot.

Entre os recursos oferecidos pelo Google Sites:

  • Templates;
  • 10GB de espaço;
  • Integração com serviços, como Docs, Picasa e Calendar;
  • Convites para colaboração e visualização;

Google sites

A idéia do Google Sites é a criação e manutenção rápida e colaborativa de sites por pessoas sem muito conhecimento técnico. Recurso ideal para manter páginas internas ou guias e manuais das empresas.

Assim que possível, testaremos e publicaremos um review completo aqui no Blog. Conseguiu testar o serviço? Comente!

Popularity: 3% [?]