Acompanhe o Papai Noel pelo Google Earth e Google Maps nesta véspera de Natal

NORAD e seu antecessor, o Comando de Defesa Aérea Continental foram os primeiros a fazer o monitoramento do Papai Noel a cada ano desde 1955, e a partir de 2004, em parceria com o Google nos últimos anos, você pode ver o progresso do Papai Noel em toda véspera de Natal no site www.noradsanta.org ou escolher entre uma variedade de plataformas, como o Google Earth ou Maps.

Visitando o site é possível ver em tempo real a posição atualizada do Papai Noel sobre o Google Maps, você pode acompanhar o andamento do Papai Noel em todo o mundo. As opções adicionais incluem o monitoramento no Google Earth, seguindo-o no Twitter ou Facebook e visualizar imagens que aparecem no Picasa. Há também um gadget do iGoogle disponível e um link para rastrear o Papai Noel em seu celular (m.noradsanta.org).

O NORAD Santa Tracker tem crescido ao longo dos anos aproveitando as novas tecnologias assim que se tornam disponíveis, tudo começou por linha telefônica em 1955 ao início de interfaces web, passando pelo Google Earth e agora para redes sociais.

Popularity: 3% [?]

Google abre o código do EtherPad

wavejetApesar de não ter ainda uma presença real no nosso dia a dia o Google leva o Google Wave muito a sério, agora o último anúncio é que AppJet foi adquirida pelo Google.

Não muito popular por aqui, talvez você não esteja familiarizado com a AppJet que é responsável pelo EtherPad, um serviço online que permite que grupos de pessoas editem simultaneamente documentos. No anúncio, a equipe do EtherPad confirmou que continuará trabalhando em colaboração com a equipe do Google Wave. A empresa anunciou que o EtherPad só ficaria disponível ao público até 31 de março de 2010, depois de muitas reclamações dos usuários o Google decidiu disponibilizar o código do produto,

Foi isso que aconteceu nessa última sexta, o Google tornou público o código do EtherPad. “Nosso objetivo com este lançamento, é dar a possibilidade que o mundo crie os seus próprios servidores EtherPad de modo que o produto viva entre nós, mesmo depois de desligar etherpad.com.” escreveu o Aaron no blog oficial do Etherpad.

Para fazer download do código-fonte visite a página onde o produto está hospedado no Google Code code.google.com/p/etherpad.

[Blog do EtherPad]

Popularity: 3% [?]

Easter egg na página inicial do Google é mais do que parece

Na semana passada o Google colocou um easter egg na versão americana do serviço de busca. A brincadeira mostra uma contagem regressiva, que obviamente é para a chegada de 2010, para ver com seus próprios olhos, visite a página americana do buscador e sem colocar nada no formulário de busca, pressione o botão “I’m Feeling Lucky”.

countdown

Agora vem a novidade, hoje fiquei sabendo que todos teremos uma surpresa quando essa contagem acabar e que na verdade o que ele está contando não é o tempo restante até o novo ano chegar, infelizmente ainda não sei confirmar o que vem por aí, mas aposto todas as minhas fichas no Google Phone! Ou o lançamento de algum outro produto muito bom, já que não é sempre que o Google coloca algo tão destacado na sua página principal. Qual a sua opinião sobre o que vem de novo em 2010 diretamente de Mountain View? : )

Popularity: 6% [?]

Google cria seu próprio encurtador de links, o Goo.gl

O Goo.gl por enquanto só está disponível no Google Toolbar e no Feedburner (como uma forma automática de postar atualizações do seu blog no Twitter), o produto ainda não é muito sofisticado, não tem estatísticas e até agora somente encurta links para facilitar o compartilhamento por Twitter ou email. De acordo com a empresa, os objetivos principais deste serviço são:
“Estabilidade – Garantir que o serviço foi muito bom uptime
Segurança – Proteger os usuários das páginas de malware e phishing
Velocidade – Resolução rápida de short URLs”

Demonstração do Goo.gl no Feedburner

Demonstração do Goo.gl no Feedburner

Como falei antes, o serviço só está disponível em alguns produtos da empresa e ainda não pode ser usado como um serviço individual, mas é previsto que o Google faça isso em breve.

Popularity: 2% [?]

“Living Stories” uma nova maneira de ler notícias online

Visite!
O Google Labs revelou essa semana uma ferramenta que foi desenvolvida em parceria com dois dos Jornais mais respeitados do mundo jornalistico: The News York Times e o Washington Post.

O nome da nova ferramenta é “Living Stories“, o objetivo é “oferecer uma nova forma de ler notícias online, com a alta qualidade da informação que você espera dos repórteres e editores do Post e The Times”.

A navegação é feita por tópicos, e ao clicar em um dos tópicos o usuário é levado para uma página onde são agregadas todas as notícias sobre o assunto. Quando o leitor escolhe e seleciona uma das notícias, é levado para uma página onde vai encontrar a notícia completa e outros recursos como linha do tempo, opções de filtros, áudio, vídeo, foto e outras notícias relacionadas. Veja por exemplo, “The Politics of Global Warming” e “The War in Afghanistan“.

Diferente do Google News, o Living Stories agrega apenas o conteúdo dos dois jornais parceiros e as páginas são atualizadas por humanos e não por máquinas.

Com esta experiência, o Google pretende futuramente poder fornecer o Living Stories para qualquer editor que queira utilizá-lo, declarou a empresa.

Popularity: 1% [?]

Google leva suas perguntas aos líderes mundiais em Copenhague

imagem
Começou essa semana em Copenhague, capital dinamarquesa, a Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas, contando com a participação de 192 países, que vão estabelecer novos compromissos internacionais de redução de carbono.

O Google quer levar sua opinião para Copenhague, para isso juntou três de suas melhores ferramentas para você poder enviar e votar em questões climáticas para serem feitas aos líderes mundiais durante um debate na CNN. Pela primeira vez, unindo o Google Moderador com o YouTube, você vai poder visualizar, adicionar e votar em vídeos ou perguntas.

Até agora, 3.921 pessoas enviaram 993 perguntas e já foram contabilizados 28.125 votos, todas as perguntas serão traduzidas em vários idiomas utilizando a API do Google Language, dando a você a oportunidade de ler e votar em questões de texto de todo o mundo.

A CNN e o YouTube realizarão um debate ao vivo em Copenhague, no dia 15 de dezembro. Você pode votar e enviar suas propostas até o dia 14 de dezembro. Visite www.youtube.com/cop15 agora e compartilhe suas idéias e opiniões para salvar o mundo.

Popularity: 1% [?]

Google cria seu próprio dicionário

Já é um costume quando surge alguma dúvida nossa primeira ação é perguntar ao Google, agora o Gigante das Buscas resolveu substituir de vez os velhos e desatualizados “dicionários de mão”, com o lançamento oficial do seu próprio dicionário online e com suporte a mais de 25 idiomas, o Google cumpre essa tarefa facilmente.
dicionario-google
O Google Dicionário traz sinônimos, expressões usadas, imagens, verbos e citações, além da definição das palavras, que já existia quando era digitado o comando “define: palavra” no próprio buscador. Por enquanto, a versão brasileira do dicionário conta apenas com a função “define”, além da possibilidade de poder marcar palavras com estrela, para encontrar mais rápido (semelhante ao Gmail) e também todas as suas consultas ficam armazenadas no Histórico da web, para fácil acesso.

Popularity: 2% [?]

Assista ao Documentário “Google Me”

googleme
Google Me é sobre um cara chamado Jim Killeen, que resolveu pesquisar no Google o próprio nome e então colocou o pé no mundo para conhecer outras pessoas com o seu nome. Este documentário é amplo, faz olhar a vida de maneira diferente, contém histórias emocionantes da vida real, foi lançado em 2007, está no idioma Inglês, disponível gratuitamente no SnagFilms.com e tem duração de 97 minutos.

Popularity: 1% [?]

Google revela ao público seu portal de clipes

vevologo-big

O Google se juntou com as maiores gravadoras do mundo para lançar um portal exclusivo de clipes na internet. Em uma parceria com Universal, Sony e EMI, nasce o Vevo. O Portal vai ao ar oficialmente no dia 09 de dezembro, e por enquanto vai contar com conteúdo dessas três gravadoras, mas ainda está em andamento uma finalização de acordo com a Warner, para aumentar ainda mais o conteúdo do portal.

Diferente do Youtube, o portal não vai aceitar conteúdo dos usuários, mas você ainda vai poder assistir de graça e comentar nos clipes, mas para isso você vai precisar encontrar um bom proxy para ter acesso a esse conteúdo, já que inicialmente ele estará restrito aos usuários dos EUA. O objetivo desse projeto é dar de volta as gravadoras o controle sobre os clipes, até o final do ano está previsto que o site possua cerca de 30 mil clipes.

Vídeo promocional do Vevo

Como você pode ver nesta página, o YouTube está criando páginas de artistas, para promover o novo serviço. Não só a marca do Vevo no video, mas algumas páginas possuem links para visitar o Vevo. E há muitas dessas páginas aparecendo no YouTube, aqui está a de Toby Keith, Taylor Swift e também a página oficial do Vevo no Youtube, se você quiser também pode seguir @Vevo no Twitter.

Popularity: 3% [?]

Faça buscas visuais com o Google Goggles

goggles_logoOntem no evento Google Search on the Edge, o Google fez uma demonstração do seu mais novo produto, o Google Goggles. O aplicativo do Google que funciona na versão 1.6 do Android e nas versões mais novas, trata-se de uma ferramenta de busca visual.

O Google Goggles funciona da seguinte forma, você aponta a câmera do seu celular equipado com Android para qualquer coisa ou lugar, por exemplo, objetos, livros, logotipos, obras de arte, cartões de contato de empresas, vinhos ou algum ponto turistico, como a famosa Bay Bridge e o Google Goggles traz para você todas as informações relacionadas que ele conseguir localizar em toda a gigante base de dados do Google.

O aplicativo ainda não funciona muito bem no reconhecimento de seres vivos, avisa o Google, mas nada impede que você faça seus próprios testes. Se você possui um aparelho com Android, já pode fazer download do Google Goggles no Android Market.

Popularity: 2% [?]

Lista de aeroportos com Wi-Fi gratuita fornecida pelo Google

Nos EUA, o Google anunciou que vai presentar as pessoas com conexões Wi-Fi gratuitas em 54 aeroportos e em todos os voos da Virgin America, até o dia 15 de janeiro de 2010. Veja a lista completa de aeroportos e rotas que você poderá ficar conectado gratuitamente com sua familia e amigos, caso planeje viajar para os EUA nesse final de ano.


Você também pode presentear de volta, ajudando a reduzir o consumo de energia no mundo, aumentando a qualidade de vida de algumas comunidades locais e salvando vidas. Basta apenas fazer uma doação para uma das três organizações listadas que o Google irá duplicar o valor doado, para fazer isso você precisa ter uma conta no Google Checkout, que infelizmente ainda não é suportado oficialmente no Brasil.

[Free Holiday Wi-Fi]

Popularity: 1% [?]

Tudo que o Google sabe sobre você, em um único lugar

O Google lançou hoje o Dashboard, uma extensão do Google Accounts, que mostra todas as suas informações que estão armazenadas em todos os produtos da empresa.

Existe muita paranóia de que o Google vai dominar o mundo e que se tornará a Skynet, mas a tendência é que a cada dia que se passa, seus dados estejam todos na nuvem. Já era tempo do Google lançar o Dashboard, agora vai ficar bem mais fácil gerenciar todos esses dados pessoais que estão online.

O serviço é simplesmente fantástico, você pode visualizar quais das suas informações estão públicas ou não e apenas com alguns cliques gerenciar o que você quiser. Ao lado de cada produto existem atalhos para acessar suas configurações e edita-las, muito prático!

Popularity: 3% [?]

Apresentações e vídeos do Google I/O estão disponíveis para todo mundo!

io2009-smComo alguns de vocês devem saber, há alguns dias ocorreu o Google I/O em São Francisco. Infelizmente nem todo mundo teve a oportunidade de ir ao evento. Mas a boa notícia é que o Google está disponibilizando as apresentações e os videos do evento para ver online ou para fazer download. Estão disponiveis apresentações de produtos como App Engine, Android, Wave e muito mais, para fazer download basta acessar esse link.

Popularity: 8% [?]

Google responde as recentes falhas do Gmail com Apps Status Dashboard

Em resposta as recentes falhas do Gmail, o Google lançou o Google Apps Status Dashboard. A nova ferramenta oferece informações dos “status” dos produtos do Google Apps mais populares da empresa, incluindo Gmail, Calendar, Google Talk, Google Docs, Google Sites, entre outros.

A idéia da ferramenta é manter as pessoas atualizadas sobre o que está acontecendo com determinado produto, principalmente as pessoas que não acompanham os blogs da empresa. O Google tem mostrado que sabe lidar com eventos inesperados, embora suas falhas durem por pouco tempo, milhares de pessoas são prejudicadas quando elas ocorrem, apesar de não mostrar em tempo real o que está acontecendo com determinado produto é uma boa para acompanhar os bastidores do seu produto favorito.
gasd
Essa seria mais uma maneira de mostrar que você pode confiar suas informações, arquivos e  inclusive sua empresa ao Google?

Popularity: 65% [?]

Google: o sonho acabou?

sonho-acabou

Há alguns anos o nome Google é ligado a expressões positivas. Para uns é sinônimo de sucesso, para outros de prosperidade e até mesmo alegria. Afinal, não é comum ver uma empresa – relativamente nova, diga-se de passagem – quebrar tantos paradigmas e se posicionar com uma imagem tão sólida quanto carismática. A Microsoft pode ser lembrada por ser líder no seu segmento e ser responsável por colocar Bill Gates algumas vezes no topo da lista dos homens mais ricos do mundo, assim como a Apple é lembrada por seu poder de gerar fanáticos em torno de uma marca e estar sempre na vanguarda. Mas o Google tem os dois lados da moeda. Pelo menos tinha.

Talvez não tenha sido tão surpreendente quando a companhia começou a anunciar seus “ajustes” para enfrentar a crise mundial, já que estávamos nos acostumando a notícias parecidas vindas de muitas empresas de informática e outros setores. Mas mesmo assim, talvez porque não quiséssemos imaginar a crise para o Google na tentativa de manter o sonho de empresa perfeita intacto, não esperávamos que o gigante fosse afetado.

Começou com os rumores de que o Google estaria cortando algumas regalias (ou seria luxo?) dos funcionários em grandes sedes como Nova York e até a de Mountain View. Já no final do ano passado, a companhia anunciou o cancelamento de contratos temporários e no início deste ano reduziu bastante a sua equipe de recrutamento, já que segundo a própria companhia, o volume de novas contratações não era mais o mesmo. Para completar, o blog TechCrunch divulgou, semana passada, e-mails de ex-funcionários que não se sentiam tão satisfeitos em trabalhar na empresa modelo; e a caída no ranking da Forbes de 1º para 4º posto das melhores empresas para se trabalhar parece ter oficialmente acabado com uma era.

Até mesmo as famosas “super compras” do Google ficaram estagnadas e o que vimos nas últimas semanas foi uma sucessão de descontinuidade de produtos que não traziam retorno financeiro para a companhia, ou não fizeram tanto sucesso com os usuários. O próprio Orkut, o queridinho dos brasileiros (só dos brasileiros e dos indianos) continua como patinho feio, vendo seu aniversário de 5 anos passar praticamente em branco. Nem é tão difícil de entender, mesmo com a recente adição de publicidade, o site ainda não dá dinheiro suficiente ao Google.

O que dá dinheiro mesmo (e muito) continua sendo a dupla Adsense-Adwords e é por isso que o Google está cada vez mais atento em garantir que a fórmula continue dando certo. Posts nos blogs oficiais da companhia com tutoriais e dicas sobre os dois programas nunca faltaram e parecem que estão longe de acabar. Em tempos de crise, o Google tem justamente o que as empresas estam precisando: meios baratos e eficazes de divulgar sua marca para um público mais segmentado.

Eu particularmente não gosto desse clima alarmante, como se a crise mundial fosse um daqueles filmes de Hollywood em que um desastre vai acabar com a terra em poucos dias, mas precisamos encarar os fatos: há reflexos negativos em grandes empresas, vide Microsoft e Intel. E mesmo que no Brasil ainda não tenhamos sido afetados diretamente, não dá para ver os acontecimentos isoladamente.

Então o que fazemos? Entramos em desespero? Não. Acho que a fórmula está aí na nossa frente. Quando uma crise toma grandes proporções, muitos segmentos são ameaçados, mas SEMPRE aparecem novas oportunidades. E para mim o caminho é o mesmo que o Google está seguindo: as novas mídias e principalmente, novas formas de publicidade. Não é novidade que a publicidade online veio também para quebrar paradigmas e abrir novos horizontes. É ainda muito mais barata que as mídias tradicionais e oferece um controle e um direcionamento das ações indispensáveis em tempos difíceis, quando temos que medir bem nossos gastos.

A descontinuidade do Google Print Ads indica o caminho. Já não acreditamos mais que a publicidade tradicional (nem os meios tradicionais) vai acabar, mas mais do que nunca precisamos apostar no meio online e confiar que temos oportunidades e ferramentas suficientes para superar os tempos de crise.

Agora, respondendo: o sonho acabou? Não. Talvez a fase não seja a melhor, mas o Google tem vários projetos – além da dupla Adsense-Adwords – que prometem garantir sua hegemonia na internet e em móveis. Novas idéias estão sempre surgindo e, na maioria dos casos, elas dão bons retornos para a companhia. Resta a nós seguir o exemplo.

Popularity: 77% [?]