Google presenteia editores do Adwords com doação para instituições de caridade

Todo final de ano, o Google presenteia os editores do Adwords com algum Gadget personalizado. Editores de todo o mundo já ganharam porta-retratos digitais, pen-drivers, entre outros presentes legais. Este ano, o Google resolveu inovar e presentear instituições de caridade, que passaram por um ano difícil, devido a crise mundial e redução de doações.

A acão de 2009 foi escolher várias instituições ao redor do mundo e dividir entre elas uma doação de 20 milhões de dólares, em nome de todos os editores do Adwords.

Confira abaixo o e-mail que o Google está enviando:

E neste link, o cartão explicando a ação e desejando um ótimo 2010.

Popularity: 1% [?]

Publicidade no Orkut: Os anúncios estão de volta

Publicidade no Orkut

Exemplo de um anúncio do próprio Google no Orkut

Depois de uma série de polêmicas envolvendo publicidade na maior e mais popular rede social do Brasil, recentemente o Orkut voltou a exibir anúncios em suas páginas de busca, comunidades e também nos perfis de usuários.

Esses anúncios – em sua maioria – são no formato Links Patrocinados, ou seja, aparecem de maneira contextual. Por exemplo, o usuário que procurar por alguma comunidade relacionada a carro ou apresentar em seu perfil informações sobre automoveis, anúncios relacionados ao mercado automotivo irão aparecer para ele. Por enquanto, só é possível anúnciar no formato anúncio de texto.

Mas e se eu não faço campanha de Links? Pensando nisso o Orkut criou uma área de “Publicidade”, no qual é possível veicular banners nas páginas. É possível segmentar por perfil, idade, sexo, temas relacionados e o formato de pagamento é o CPM (custo por mil).

Achei o modelo parecido com o oferecido pelo concorrente Facebook, onde o Orkut tem se inspirado muito nos modelos estruturais, prova disso foi o recém-lançado chat dentro do próprio site, no qual o Facebook já disponibilizava para uma maior interação entre os usuários do serviço.

Seja via Links ou pelo canal de Publicidade, vejo pontos negativos e positivos nesse tipo de divulgação.

Por um lado penso que é bom estar presente em uma rede social de massa que detém milhares de brasileiros ativos, por outro vejo um certo risco para algumas marcas estarem presentes nesse ambiente que por vezes não são bem vistos pelos usuários. É um local livre pro usuário expressar qualquer tipo de opinião sobre produtos e/ou marcas. Porém, nesse caso vamos cair naquela velha polêmica de “se está na chuva, é para se molhar”, a partir do instante que as empresas botam as caras no mundo online elas precisam estar preparadas para receber críticas, sejam boas ou ruins.

Já discuti esse tema com diversos amigos e constatei que a maioria também vê lados bons e ruins nessa dinâmica. E você, considera a publicidade no Orkut algo positivo ou negativo?

Popularity: 72% [?]

Google entrando no clima de Natal …

É com o lema: “Agite suas vendas nesse Natal” que o Google lançou recentemente uma página para os interessados em faturar uma graninha extra nesse Natal utilizando seus produtos.

No site temático (http://www.natalgoogle.com.br/) há uma série de opções convenientes para utilização do buscador como auxilio online no incremento das vendas de final de ano, entre eles há o Google Adwords para iniciantes. Ao clicar nessa opção o usuário é direcionado para uma página que fala exatamente tudo sobre a ferramenta.

Além disso, há uma parte bem bacana com alguns estudos de casos de clientes, em formato de vídeo, dados bem interessantes do mercado e a diferença da rede de pesquisa e conteúdo.

No site, por exemplo, você obtém informações sobre anúncios no Youtube, onde uma diária pode sair por até R$27.500,00, com 4,5 milhões de impressões.

Interessou? Então dá uma passadinha lá no site, vale a pena para conferir a beleza e objetividade da página, agitar o bonequinho de neve e para saber mais sobre os produtos Google. Boa iniciativa para incentivar os que atuais e futuros clientes a botar a mão na massa no próximo mês!

Popularity: 15% [?]

Google abre inscrições para concurso de publicidade

O Google abriu as inscrições para o Online Marketing Challenge 2009. Até o dia 23 de janeiro, estudantes de todo o mundo podem se inscrever em grupos e apresentar estratégias de marketing para a web.

Os criadores das melhores campanhas em escala mundial ganharão uma viagem ao Googleplex em Mountain View, California. Os vencedores locais poderão conhecer as sedes de seus respectivos países.

O Google oferecerá US$ 200 de crédito no programa AdWords para cada grupo colocar em prática o seu projeto. Em 2008, cerca de 1600 estudantes de 47 países participaram do concurso.

Popularity: 16% [?]

Você conhece o Google Grants?

Primeiramente, meu nome é Juliana Horta, sou formada em relações públicas e hoje trabalho especificamente com links patrocinados em uma agência interativa de São Paulo, amo o que eu faço e sou muito curiosa em saber tudo sobre o mercado onde atuo. Portanto, acredito quer será um prazer escrever sobre Adwords e compartilhar com os leitores do underGoogle as minhas experiências, novidades, sugestões e criticas que tornam esse mercado cada vez maior.

Logo, gostaria de ressaltar a importância desse espaço dentro do blog destinado aos leitores que tenham interesse em saber mais sobre um dos produtos mais utilizados do Google, que é o Google Adwords.

Além disso, a idéia desse canal é estabelecer um relacionamento aberto com os leitores do blog para troca de experiências e trazer as principais novidades do mercado. E quem sabe conhecer e unir mais os profissionais que atuam nessa área. Sugestões, críticas, debates, novidades serão sempre bem-vindos.

Pois bem, então vamos ao meu primeiro post!

Atualmente surgem cada vez mais iniciativas sociais com o objetivo de melhorias em diversos segmentos no mundo inteiro, entretanto muitas instituições existem mas são pouco ou quase nada conhecidas.

Pensando nisso e para facilitar a divulgação das causas que visam melhorar o ambiente mundial o Google oferece um programa que possibilita as organizações sem fins lucrativos divulgarem gratuitamente no formato adwords por pelo menos 3 meses seus ideais e objetivos na busca e nos sites parceiros do Google. Sim, é o Google Grants!

Não há restrição quanto ao que a instituição pretende divulgar, é possível anunciar qualquer tipo de conteúdo de cunho filantrópico/social, entretanto é preciso ter certificações para participar do programa.

O ideal é que as próprias instituições possam fazer sua inscrição, por dois motivos principais: para que elas se envolvam também no processo e por diversas questões sobre a documentação necessária. A inscrição deve ser feita diretamente no site http://www.google.com.br/grants que também disponibiliza todas as informações sobre o programa.

Que tal fazer uma boa ação e espalhar para as pessoas que conhece e que tenham interesse em fazer esse tipo de publicidade?

Popularity: 15% [?]

Google AdPlanner: ainda há muito por fazer

Há três meses o Google lançou o Google Adplanner. Eu corri para me inscrever e fiquei muito empolgada quando me aceitaram para usar a versão beta. Mas infelizmente, a minha impressão não foi tão boa. Achei que faltava mais utilidades na ferramenta, pois os recursos que me pareciam mais importantes ainda não estavam disponíveis no Brasil.

É claro que nem tudo é responsabilidade do Google, as métricas na internet brasileira ainda são muito prejudicadas pela falta de parâmetros quando o assunto é IPs, dados estatísticos ou localização geográfica, o que prejudica em cheio a proposta de targeting especializado do Google Adplanner.

Aqueles que já trabalham com o Adwords há algum tempo devem se lembrar de quando a expressão geotargeting era novidade. Eu pelo menos ficava pensando que bom seria poder segmentar minhas campanhas por regiões, como já acontecia no Estados Unidos. Passados alguns anos, hoje já é possível fazer isso, mas esbarramos em algumas limitações técnicas. Ou seja, já vemos uma luz no fim do túnel, mas ainda estamos atrás de outros lugares do planeta.

A mesma coisa acontece com o Adplanner. A idéia é muito boa, mas ainda faltam funcionalidades que nos ajudariam muito mais. É frustrante para um usuário ver opções inativas com a mensagem “ainda não disponível para a sua região”. Bem, pelo menos esse problema não temos mais, pois agora as opções para segmentar por gênero e idade nem aparecem (no início eles estavam lá, mas não funcionavam).

Já o sonho do geotargeting parece mais concreto. Testei esta semana e a ferramenta já apresenta os dados segmentados por estados e até por cidades medianas. Mas outras opções ainda parecem sonhos distantes. Quando mudamos a configuração da conta e selecionamos Estados Unidos como audiência, podemos ver todas as funções habilitadas, inclusive as segmentações por gênero, idade, grau de instrução e renda familiar. Como fariam funcionar isso no Brasil?

No final das contas, os dados hoje apresentados ajudam um pouco no nosso trabalho, mas não são tão determinantes. Para acrescentar, não confio muito nos números apresentados, pois além de serem arredondados, há valores que me fazem desconfiar – especialmente de sites aos quais tenho acesso aos dados do Google Analytics -, mas enfim, não posso confirmar o de todos para saber até que ponto estão corretos.

Eu resumiria dizendo que o Google AdPlanner veio para somar, mas não é imprescindível. Fica a esperança de um dia contar com dados mais profundos e confiáveis e a partir daí, saber exatamente onde estamos pisando quando planejamos uma campanha online no Brasil.

Popularity: 17% [?]

Tudo sobre o Google Advertising Professional

O Google Advertising Professional é um programa que qualifica anunciantes do Adwords – individuais ou empresas – através de pré requisitos de uso do Adwords e realização de uma prova. Ser reconhecido pelo Google é sinal de campanhas otimizadas, anúncios eficientes e clientes satisfeitos, uma vez que é preciso conhecer muito bem o Adwords e gerenciar a conta de pelo menos um cliente pelo período de 90 dias.

Requisitos

Hoje ainda são poucos os profissionais brasileiros com o título de Google Advertising Professional. Para tornar-se um anunciante reconhecido pelo Google, o interessado deve:

  • Inscrever-se no programa e obedeça às regras.
  • Gerenciar pelo menos uma conta do AdWords (a sua ou a de outra pessoa)  e manter um gasto total mínimo de R$ 2.500 em Minha central de clientes por 90 dias.
  • Passar no exame do Google Advertising Professional.

Caso sua empresa queira tornar-se reconhecida pelo Google e receber um selo, os requisitos são:

  • Ter endereços de correspondência e de faturamento em um país onde haja qualificação empresarial disponível. O programa está disponível para o Brasil.
  • Empregar pelo menos duas pessoas que sejam Indivíduos qualificados no programa. Os indivíduos devem ser qualificados na conta principal da Minha central de clientes registrada pela empresa e não em suas próprias contas.
  • Criar e manter o gasto total mínimo de clientes exigido em 90 dias (No Brasil, o valor é de $50.000) para a conta Minha central de clientes da empresa.

A prova

A prova, que é realizada pela empresa Prometric via Internet, conta com 108 questões e precisa ser realizada em 90 minutos. As questões, todas em português, são relativamente fáceis, mas exigem do candidato um bom conhecimento do que é anunciar on-line,  noções de conversões, hierarquia de uma conta Adwords, ferramentas e todo o sistema de menus. O valor da prova é $50,00, pago via Cartão de Crédito.

É imprescindível que o candidato ao título de Google Advertising Professional tenha utilizado muito a sua conta através da “minha Central de Clientes”, só assim ele estará realmente preparado para a prova e para ser um profissional realmente qualificado. O Google também disponibiliza material para estudos. Através da página “Centro de Aprendizagem” é possível encontrar informações sobre praticamente todos os recursos do Adwords. Na versão em inglês do Centro de Aprendizagem o editor pode encontrar o mesmo conteúdo, porém em vídeo aulas.

Caso o editor não tenha tempo, tenha dificuldades para estudar ou prefira cursos presenciais, a empresa CTT, em convênio com o Google, ministra cursos em algumas capitais brasileiras e da América do Sul. O Curso, chamado Goobec e você pode encontrar maiores informações aqui.

Reconhecimento e benefícios

Após passar na prova e atender aos requisitos exigidos, o profissional recebe um selo, que poderá ter utilizado em seu site ou cartão de visita para mostrar aos clientes seu título. Além de ser reconhecido pelo Google, o anunciante ganha 5 cargas de $100,00 para que possa promover o uso do Adwords e conseguir novos clientes.

Ser reconhecido pode ser sinal de ótimo negócio para empresas e aumento salarial para o profissional, uma vez que a profissão é nova e exige profissionais qualificados.

Popularity: 24% [?]

Adsense para Feeds: Ganhe dinheiro com seu RSS

Anunciado há alguns meses, o Adsense para Feeds promete ajudar editores a monetizar seu conteúdo, distribuído pelos vários leitores de Feed. O Feedburner já contava há tempos com uma pequena integração com o Adsense, onde o dono de um feed cadastrado no serviço poderia vincular uma conta do Adsense e exibir anúncios em seu site.

Agora, além de poder exibir estes anúncios em seus sites e Blogs, os editores poderão vincular anúncios do Adsense aos seus Feeds, exibindo um bloco de Anúncios no início ou fim do conteúdo dos textos.

Exibição do Feed

Exibição do Feed

Como habilitar?

Para habilitar o “Adsense para Feeds”, você precisa saber se sua conta do Feedburner e do Adwords são vinculadas ao mesmo e-mail. Após certificar-se disso, você pode visitar o Google Adsense e na aba  “Configuração do AdSense” você pode escolher a opção “AdSense para feeds“. Nesta página você poderá definir as configurações do anúncio e poderá vincular sua exibição a um Feed cadastrado em sua conta.

Depois de configurar, basta clicar sobre o botão “salvar” e aguardar até a próxima atualização do Feed, que já deverá contar com o bloco de anúncio. Caso queira, você poderá queimar um novo feed diretamente do Google Adsense, que já sairá com o bloco de anúncios no lugar escolhido.

Em nossos testes, pelo menos nos primeiros momentos de exibição, os anúncios não foram muito relevantes, normal para um bloco de anúncios que acabou de ser habilitado.

Dicas do underGoogle:

Dica 1: Caso sua conta do Feedburner não utilize a mesma “Google Account” de seu Adsense, você pode criar outra conta no Feedburner e utilizar o recurso de transferência de Feed, localizado no topo da Dashboard de seu Feedburner.

Dica 2: Uma forma mais prática é a utilização do Feed gerado pelo Adsense no Feedburner. Explico:

  1. Visite o Google Adsense, abra a página para instalação de Adsense para Feeds;
  2. Utilize o botão “gravar um novo feed” para gerar um novo Feed de seu Blog;
  3. Configure a exibição do anúncio ao seu gosto e clique no botão “salvar”;
  4. Copie a URL do Feed gerado (ex:http://feedproxy.google.com/…);
  5. Abra sua conta do Feedburner;
  6. Na Dashboard do Feed desejado, clique sobre o botão “Edit Feed Details… ” e procure pelo campo “Original Feed:”;
  7. Cole a URL gerada pelo Adsense neste campo e clique sobre o botão Salvar. O feedburner passará a queimar este novo Feed;
  8. Pronto, em algum tempo seu Feed já estará exibindo os anúncios do Adsense.

Agradecimento ao leitor Yeltsin Lima

Popularity: 6% [?]

Google agora oferece Palavras-chave e Canais na mesma campanha do Adwords

A boa notícia é para anunciantes do Google Adwords, que agora poderão criar campanhas utilizando canais e palavras-chave numa mesma campanha.

Veja o anúncio da ferramenta, retirado do Blog Oficial do Google Adwords Brasil:

Agora, você verá guias para canais e palavras-chave nos grupos de anúncios das suas campanhas. Veja algumas das vantagens das novas campanhas combinadas:

Mais flexibilidade. Não é necessário criar campanhas duplicadas para segmentar palavras-chave e canais. Ambos podem funcionar juntos na mesma campanha.

Mais precisão. A combinação de palavras-chave com canais em um grupo de anúncios permite segmentar anúncios com mais precisão. Por exemplo, você pode segmentar seu anúncio sobre camisetas de futebol para um site de notícias e fazer com que ele seja exibido somente nas páginas cujo conteúdo esteja relacionado à palavra-chave futebol.

Maior controle dos lances. Ao veicular anúncios na rede de conteúdo com a segmentação contextual, você também adicionar canais para dar lances maiores ou menores quando o seu anúncio aparecer nesses canais. Por exemplo, você pode veicular o seu anúncio na rede de conteúdo com um lance-padrão de R$ 0,50, mas segmentar www.exemplo.com.br com um lance de R$ 1,00 sempre que esse anúncio aparecer nesse site.

Você pode encontrar todas as informações nesta página explicativa do Adwords.

Popularity: 7% [?]

Google descontinuará programa de Referências do AdSense

O programa de referências do AdSense, que permite a veiculação de banners de produtos Google e anúncios pré selecionados de parceiros do Google, será descontinuado na última semana de agosto. O Google recomenda que todos os editores substituam a área das referências por blocos de Adsense para Conteúdo ou pelo DoubleClick Performics Affiliate.

Veja abaixo o comunicado oficial enviado pelo pessoal do Adsense a todos os editores:

Se você utiliza referências, seja para promover produtos do Google ou ofertas de anunciantes do AdWords, recomendamos executar as seguintes etapas antes que o produto seja desativado:

  • Remova todo o código de referência dos seus sites: remova todo o código de referências dos seus sites antes da última semana de agosto, para poder continuar a rentabilizar eficientemente o seu espaço de anúncios.
  • Substitua os seus anúncios de referência por anúncios do AdSense para conteúdo: se você tiver menos de três blocos de anúncio do AdSense para conteúdo em uma página, recomendamos substituir os blocos de anúncio de referência por blocos de anúncio padrão do AdSense para conteúdo. Isso reduzirá os riscos de diminuição dos seus ganhos com o AdSense quando o programa de referências for desativado.
  • Gere e salve todos os relatórios de referências na sua área de trabalho: eles não ficarão mais disponíveis a partir do final de outubro.

Popularity: 3% [?]

Google distribuirá seriado via Adsense

O Google acaba de fechar um acordo milionário com o Seth MacFarlane, criador do seriado Family Guy, para a distribuição de um mini-seriado que se chamará “Seth MacFarlane’s Cavalcade of Cartoon Comedy”. O seriado será apresentado exclusivamente na internet em episódios de aproximadamente 2 minutos e será distribuído pelo  mesmo sistema do Adsense.

O novo modelo permitirá que o seriado seja apresentado em milhares de sites pré-escolhidos pelo Google e utilizará a tecnologia do Adsense para exibir propagandas que poderão aparecer como banners sob o vídeo. Seth preparou 50 episódios que farão parte da  Google Content Network. Igualmente ao Adsense, o anúncio só gerará receita com cliques sobre os anúncios.

“Nós pensamos que os ganhos poderão ser esplêndidos”, disse um advogado que trabalhou nas negociações. Segundo Asif Satchu, da Media Rights, que não revelou quanto os anunciantes estão dispostos a pagar, afirmou que é “significantemente mais” do que se estivessem colocando os anúncios apenas no Adsense comum (anúncios de texto e banners com imagens).

Agora, resta esperar até setembro, quando os episódios começam a ser veiculados, e ver se a nova forma de anúncio do Google realmente será inovadora e trará mais receita para a empresa e para os produtores de conteúdo, que poderão monetizar seu conteúdo, adicionando às propagandas do Adsense conteúdo multimídia interessante e, talvez, abrindo uma nova era para a veiculação de anúncios on-line.

Fonte: The New York Times e HypeScience

Popularity: 4% [?]

Livro: Google Marketing

Em sua segunda edição, o livro Google Marketing é a referência em Marketing Digital no Brasil e trata de praticamente todos os temas que um empresário, diretor ou gerente de marketing ou ainda profissionais que trabalham com comunicação e marketing devem saber. É como um bússola desses novos tempos.

A obra, que é a única no País a falar diretamente sobre marketing digital, além de apresentar muitos dados e números atualizados sobre o mercado de internet no Brasil, traça também as características do novo consumidor, conceitos e cases de marketing viral, blogs e outras ferramentas de marketing digital, a partir de exemplos vindos de empresas do próprio Google, como o Orkut, You Tube e Google Maps.

Ficou interessado? Para conhecer um pouco do livro, o autor disponibilizou os 3 primeiros capítulo, do total de 28, para download. Os 3 capítulos podem ser baixados aqui.

Sobre o autor: Conrado Adolpho, diretor da Publiweb, uma agência de marketing digital com foco em marketing de busca é consultor de marketing digital, relacionamento e fidelização online com clientes, comércio eletrônico e trabalha também no processo de desenvolvimento de Planejamento de Marketing Digital. Conrado é formado em Engenharia Aeronáutica no ITA, Química na Unicamp e Marketing no IBTA.

Você pode adquirir este livro à partir de R$59,00.

Quer ganhar este livro?

O autor gentilmente cedeu um exemplar do livro Google Marketing para ser sorteado entre os nossos leitores. Para concorrer, basta você deixar um comentário abaixo, mostrando interesse no livro! Não esqueça de preencher os campos com seu nome e e-mail para que possamos entrar em contato, caso você ganhe! Na próxima quarta-feira à noite, anunciamos o ganhador!

Resultado do Sorteio: E o livro saiu para o Leitor identificado como Verissimo. Já entrei em contato com ele e o mesmo tem uma semana para responder o e-mails com as informações de envio! Obrigado a todos que participaram e aguardem novos sorteios por aqui!

Popularity: 5% [?]

Google Adwords: Tutorial de pagamento

Caso você esteja pensando em iniciar uma campanha no Adwords ou até mesmo começou, mas não está entendendo como o sistema funciona, o pessoal do Google Brasil disponibilizou um tutorial interativo para explicar com o sistema de pagamento do Adwords funciona.

O tutorial pretende responder às seguintes perguntas: Como eu gero um boleto bancário? Onde eu posso pagar o boleto? Quando é feita a cobrança do cartão de crédito? Meu cartão foi recusado, o que fazer? Como trocar a forma de pagamento nas contas do AdWords?

Caso você ainda não conheça ou utilize o Adwords, lembramos que aqui no underGoogle temos ótimos artigos do Ricardo, além de vários outros artigos e dicas sobre o sistema de links patrocinados do Google.

Veja: Google Adwords: Assistente para formas de pagamento

Popularity: 6% [?]

Relatório do Adsense agora mostra dados dos blocos de links

Hoje o Google publicou no seu blog do Adsense uma novidade nos relatórios do sistema: agora o editor (você) pode visualizar com mais detalhes informações referentes aos blocos de links. Isto é uma novidade muito interessante, pois você pode observar o CTR e a quantidade de cliques que estes anúncios possuem e otimizá-los de uma forma bem legal.

Google Adsense com dados sobre bloco de links

Segundo o pessoal do Google, apenas os dados estão disponíveis apenas após Maio de 2007, mas os engenheiros estão trabalhando para conseguir recuperar e disponibilizar estes dados.

 –

Fábio Ricotta

Fábio Carvalho Motta Ricotta Mineiro, 22 anos, Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Itajubá. É Co-Fundador da MestreSEO, além de ser sócio/administrador do portal MXStudio. Possui um blog pessoal que fala de SEO e tecnologias além de um blog de SEO chamado SEOdicas. É um grande adorador do Google e suas tecnologias. Adora passar o tempo estudando SEO além de ver os artigos sobre o Google que saem aqui no UnderGoogle.

Contato: fabioricotta [at] gmail.com

Popularity: 2% [?]

Google está pronta para anunciar na TV

Google TVDepois passar mais de um ano testando a viabilidade de disponibilizar anúncios na TV[bb], a Google anunciou que está pronta para entrar de vez neste mercado.

Graças aos modernos set-top boxes[bb], será possível contar e analisar a quantidade de vezes que os anúncios foram assistidos, bem como quantos foram vistos até o final. Partindo da filosofia aplicada aos programas AdWords e AdSense, a Google pretende monetizar programas, com anúncios relevantes, semelhante ao que acontece com a muitos sites da Web e alguns vídeos no Youtube.

Parece que a idéia de entrar de cabeça no mundo da televisão e publicidade está tornando-se realidade. Acredito que todo o barulho que foi feito, mostrando que a Google estava investindo num sistema de TV, não passou de um projeto para começar a investir em anúncios para a TV, que deve estar no ar nos próximos dias.

Falando em set-up box, vale a pena lembrar que a Google possui parceria com a Panasonic, que disponibiliza alguns aparelhos de TV com integração ao Youtube e PicasaWeb. Talvez a estratégia da empresa seja fazer parceria com empresas que produzam TV’s e set-top boxes para colocar os aplicativos da Google na tela da TV, além de viabilizar a integração entre programas e a rede de anúncios da empresa.

Logo na estréia, grandes redes, como A&E, Bravo, CNBC, CNN, Discovery, ESPN, Fox News e MTV, devem aderir ao sistema de anúncios.

Fonte: ZDNet

Popularity: 5% [?]