Review do Google Search, nativo para Smartphones Nokia

Mesmo depois da promessa de parceria em que a Google deve integrar o seu buscador ao Nokia Search, a empresa lançou um programa próprio para buscas nos aparelhos da Nokia[bb] que utilizam Symbian[bb]. Desta vez O Velho foi mais rápido que eu, porém segue abaixo algumas imagens e primeiras impressões sobre o buscador integrado ao Symbian.

A função do programa, nada mais é do que fornecer um acesso rápido à caixa de busca do Google[bb], o direcionando para o site móvel de buscas da Google.

Para baixar o programa, basta visitar a página do Google Mobile, em mobile.google.com e clicar no link “Pesquisa (Download)“, o programa será baixado e instalado rapidamente.

Search no Nokia

Após instalado, um aviso no Desktop do Smartphone[bb] irá aparecer, informando da presença do programa e qual tecla deve ser pressionada para selecioná-lo. O recurso chama-se Quick Key e permite que ao pressionar uma tecla a caixa de busca seja rapidamente exibida. Embora seja importante, a mensagem torna-se irritante, já que é exibida toda vez que você acesso o Desktop de seu Smartphone, seja ao destravar o aparelho ou seja voltando de alguma aplicação aberta. Para desabilitar o recurso, visite o menu Options e então “Disable quick key“.

Search no Nokia 2

Para acessar o programa e fazer uma pesquisa no Google, basta pressionar a tecla indicada e digitar a palavra a ser buscada na caixa, ao confirmar, você já será redirecionado à página de buscas do Google com os resultados para a palavra. Ainda é possível mudar a página de resultado. Através do menu Options é possível escolher entre “Show Classic results” – para a página padrão do Google – ou “Show Mobile results” – para exibição de resultados do Google Mobile. Não é possível configurar qual será o navegador padrão para a exibição da busca, portanto, para visualizar os resultados o usuário será obrigado a utilizar o navegador padrão do Symbian.

Search no Nokia 3

A real vantagem deste programa é a facilidade para acessar a caixa de busca e a maior velocidade, prometida pela equipe da Google. Veja abaixo um vídeo comparativo entre fazer uma busca normal e utilizar o programa.

O Programa está disponível no endereço mobile.google.com e roda em Aparelhos com Symbian, da Nokia. Não testamos no Symbian de outros fabricantes, porém a chance de que o programa funcione neles é grande.

Não deixe de acessar o underGoogle pelo seu celular, através do endereço m.undergoogle.com.

Popularity: 5% [?]

Preta Gil vai processar Google

Estamos próximos do surgimento de uma nova Cicarelli: a polêmica filha do Ministro da Cultura, Preta Gil, afirmou que seu advogado vai abrir um processo contra a Google nos próximos dias.

O motivo?

Veja na imagem abaixo:

Preta Gil Gorda

Ao realizar uma busca no Google Imagens pelo termo “atriz gorda“, o buscador também oferece a sugestão “preta gil”.

Preta se manifestou: “É ridículo, é ridículo. Quando você busca ‘atriz gorda’ não aparece nada com meu nome. Mas depois vem essa sugestão. Vindo do Google, que hoje é o manual de todo mundo, é algo deplorável. […] É inadmissível que o Google seja um instrumento de preconceito. É uma ofensa, uma atitude reprovável, leviana. Ninguém pode discriminar uma pessoa por sua aparência”.

Não se sabe se é muita ingenuidade da atriz, ou se está fazendo isso apenas para atrair holofotes, mas processar um algoritmo matemático pelo resultado que ele gera é algo, no mínimo, estranho.

E, claro, a Google já se pronunciou dizendo que não vai interferir na associação, pois sua política não permite manipular resultados manualmente. A sugestão continuará aparecendo até que outros sites parem de associar “atriz gorda” a “preta gil”.

Alguém duvida que toda essa polêmica servirá apenas para dar margem ao surgimento de nova Google Bombs contra a atriz?

Veja você mesmo: Busca por atriz gorda

Fonte: G1

Popularity: 5% [?]

Google comemora Valentine’s Day

O segundo feriado mais importante, depois do Natal, para os americanos, está sendo comemorado em grande estilo pela Google, que exibe na home do buscador, Youtube e Google Docs, imagens e temas comemorativos ao “Dia dos Namorados e Dia do Amigo” americano.

Tanto a home do Google.com quanto a do Youtube estão exibindo logos comemorativos, como podem ser vistos abaixo:

google vallentines doodle

Youtub Valentines

O Google Maps também ganhou um coração no marcador do Street View.

maps Valentines

Já o Google Docs sofreu uma revolução: Ao abrir o serviço, com idioma inglês, o usuário vê a página toda cor-de-rosa com a mensagem Happy Valentine’s Day no topo.

A estrelinha dos itens estrelados foi alterada para um coração. Os botões New, Share, Move to e All folders também foram alterados e ganharam um coração.

Docs Valentines

A página de edição dos documentos não mudou.

Agradecimentos ao Daniel Fernando Pigatto.

Popularity: 2% [?]

Algumas notícias sobre Mobilidade e Google

Melhor IMAP no Windows Mobile

Segundo o Blog Oficial do GMail, embora o suporte a IMAP já esteja funcionando desde o fim de 2007, usuários da plataforma Windows Mobile[bb] estavam com dificuldades de conexão e sincronização de mensagens. O time de desenvolvimento do Gmail declarou que agora os problemas foram corrigidos e um tutorial de configuração foi criado para que seja feita a configuração correta em aparelhos que utilizem a plataforma.

Busca móvel em mais países

Usuários da Alemanha, Reino Unido, França e Canadá já podem contar com a nova versão móvel do Google em seus idiomas, facilitando o uso e integração das buscas móveis com estes países. A nova versão conta com informações esportivas, calculadora, previsão do tempo e até acesso à lista telefônica, tudo acessado pela caixa de busca. Vale lembrar que no Brasil já contamos com uma versão móvel, porém mais antiga do Google, com acesso à Busca e serviços como Notícias, Docs, Calendário e Youtube; e nem todos estão em português. Para acessar o Google Mobile local, acesse: m.google.com.br no seu celular. Veja mais: Official Google Mobile Blog.

Google e Dell juntas, produzindo suposto Google Phone?

Acho que não, embora os rumores sejam grandes, a Google já desmentiu várias vezes o interesse em lançar um hardware próprio. A empresa agora está focada em sua plataforma móvel, o Android. Claro, a Dell[bb] pode ser um parceiro e desenvolver um aparelho, assim como HTC[bb] e várias outros fabricantes que mostraram interesse. Se lançado um aparelho Dell com suporte a Android, acredito que possa ser um dos mais bonitos do mercado já que a descontinuada linha DELL AXIM era realmente muito bonita e possuía um hardware muito potente.

Popularity: 2% [?]

Crescimento do Google e seus produtos

O site TechCrunch publicou um interessante post sobre o crescimento dos serviços do Google em 2007. Como pode ser observado no gráfico abaixo, o mecanismo de pesquisa do Google, é o seu serviço mais utilizado e obteve um crescimento de 20% em 2007.

Crescimento_googleCrescimento_percentual

Observe também o crescimento do Gmail e do Google Maps em 2007: 54% e 52% respectivamente. O crescimento do iGoogle de 268% só foi possível porque saiu de uma base em 2006 ainda muito pequena. Parabéns ao Google !

Popularity: 4% [?]

Cuidado com retrospectivas, seu site pode ser banido do Google!

Muitos blogueiros adoram fazer uma retrospectiva de posts durante o final de ano, reciclando alguns artigos e levando novos usuários a conhecer o conteúdo do blog através de uma série de links.

O problema é que se colocada uma grande quantidade de links em uma única página, apontando para o mesmo domínio ou com textos um pouco semelhantes, pode levar o Google a entender isso como Spam ou tentativa de promover um determinado site, o que o leva a exclui-lo dos resultados das buscas.

OK, em um único post eu não preciso colocar tantos links para minha retrospectiva, mas o problema fica na home ou nas páginas arquivadas, onde todos os posts são exibidos juntos e onde a quantidade de links pode se multiplicar conforme a quantidade de posts exibidos.

Alguns falam para utilizar até 25 links em uma página, outros falam em até 100, mas o que se sabe é que quanto menor a quantidade de links em um página e quanto maior sua relevância, menores os problemas na hora da indexação. Inclusive para criação de Sitemaps, o Webmaster Guidelines recomenda que sejam somente utilizados 100 links por página, portanto uma grande quantidade deles, muito próximos e apontando para o mesmo domínio podem ser considerados problemas pelo crawler do Google e podem acabar causando dor de cabeça aos Webmasters.

Aconteceu no Undergoogle

Durante o mês de Dezembro de 2006, fiz aqui no Undergoogle uma retrospectiva do ano todo, com um post por mês contendo dezenas de links para conteúdo do blog. O número de links individuais para cada post não foi tão grande, porém na página de arquivo, onde os 11 posts apareceram juntos, houve um número enorme de links, fazendo com que em 1 ou 2 dias o Google simplesmente parasse de exibir resultados do Undergoogle em suas buscas. Imagine como não caiu nossa visitação.

A Solução: Remover os links e entrar em contato com a empresa para que o problema fosse revisto e o site voltasse a ser indexado. Voltamos a aparecer normalmente nas buscas em 2 ou 3 dias.

Popularity: 2% [?]

Google Zeitgeist 2007

Google Zeitgeist 2007

Já está disponível o Google Zeitgeist 2007, lista dos mais buscados do ano no Google, além de curiosas comparações entre termos buscados. Para quem ainda não sabe, Zeitgeist é um termo alemão que significa: “Espírito do tempo”. Nome dado ao serviço de Google que gera o ranking de buscas no serviço da empresa.

Segundo estatítiscas do próprio site, o termo que teve a busca mais crescente no mundo em 2007 foi “iPhone”, Veja a lista dos “10 mais”:

  1. iPhone
  2. badoo
  3. facebook
  4. dailymotion
  5. webkinz
  6. youtube
  7. ebuddy
  8. second life
  9. hi5
  10. club penguin

A página ainda conta com os famosos rankings entre Personalidades, Tecnologia e as famosas perguntas: “Quem?”, “O que?” e “Como?”. Veja abaixo um dos exemplo onde aparece a comparação entre os consoles de Vídeo Game:

wii

Para os viciados em Zeitgeist, existe o Google HotTrends, que mostra estatísticas diárias dos temos mais buscado no Google.com.

Visite:  Google Zeitgeist 2007

Veja também: Google Zeitgeist 2006

Popularity: 1% [?]

Não achou no Google, envie para o Can’t Find on Google

Embora seja um ótimo buscador, o Google nem sempre acha todos os resultados ou os melhores resultados para um termo buscado. A idéia do site Can’t Find on Google é criar uma base de dados de palavras que não aparecem nos resultados ou que não possuem resultados relevantes nas primeiras posições.

Então, quando você fizer uma busca no Google e não achar o resultado satisfatório, pode visitar o Can’t Find on Google e reportar a palavra buscada juntamente como o quê você realmente estava buscando. A interface do serviço é horrivel, mas a idéia é realmente interessante.

A base de termos em português conta com um resultado, que tal ajudarmos a preencher com termos não conhecidos pelo Google aqui no Brasil?

Popularity: 1% [?]

Google Toolbar 5 para Internet Explorer

toolbar_features2

Usuários do IE já podem baixar o novo Beta da Google Toolbar, agora na versão 5 e somente disponível em Inglês.

A nova Barra de Ferramentas ganhou suporte a Gadgets e integração com quase todos os serviços da empresa.

Entre os principais recursos desta nova versão, estão:

  • Integração com Google Notebooks;
  • Sincronização entre suas Toolbar em computadores diferentes;
  •  Novo mecanismo de auto-preenchimento;
  • Gadgets que podem ser carregados diretamente pela Toolbar, como você pode visualizar na imagem do início do post.

Veja a lista completa de novidades na página oficial da Google Toolbar.

toolbar_features

Popularity: 2% [?]

Google testando nova forma de exibição de resultados com vídeo

youtube

Pesquisando no Google, o amigo Steven Conte deparou-se com uma forma diferente de exibição de vídeos nos resultados de busca. Como podem visualizar na imagem enviada por ele, os vídeos do Youtube referentes ao conteúdo buscado aparecem na lateral do buscador, exatamente no lugar dos anúncios do Adsense.

Estranhamente, segundos após, a caixa havia desaparecido e tudo tinha voltando ao normal. Basta agora saber se isso pode ser futuramente implantado nas buscas, já que algo parecido já aparece no www.searchmash.com, uma espécie de Beta para novos recursos no Google.com.

Aos curiosos, a url utilizada para a exibição do resultado foi esta.

Popularity: 1% [?]

Experimente o futuro do Google agora

experimental_sm.gifTalvez você ainda não conheça, mas o Google possui uma página com diversos recursos “experimentais” do buscador, que você pode testar sem compromisso. Para ativar um recurso novo, clique em “Join this experiment”, e para deixá-lo, “Leave”. Disponíveis, por enquanto, apenas na versão em inglês do buscador.

Vamos conhecê-los:

Alternate Views

shot_timeline.jpgAo invés de exibir os resultados em uma lista como conhecemos, o Google pode mostrá-los como uma linha do tempo, mapas ou até mesmo relevando informações importantes da página, como medidas, endereços ou imagens.

Vantagens: dá uma idéia do que o usuário encontrará nas páginas de resultado. Pode exibir inclusive a informação que o usuário procura sem a necessidade de abrir a página.

Desvantagens: Mais recursos significa maior complexidade e tempo de carga. E o Google só é o Google porque é leve e prático. Além do mais, o motor do buscador está cada vez mais esperto, e muitas vezes descobre qual a intenção real de nossas buscas, sem a necessidade desses incrementos.

Experimente: Einstein

Keyword suggestions

shot_suggest.jpg“Qual era mesmo o nome daquele programinha do Google para visualizar o planeta em 3d?”. “Tenho uma dúvida tão específica, qual a forma de escrever que vai me trazer mais resultados?”.

Para essas dúvidas, as sugestões de buscas pode ser uma verdadeira mão-na-roda. Enquanto se digita os termos da busca, o Google vai sugerindo complementos. Isso o ajuda a economizar tempo, saber se ele trará muitos resultados e até descobrir coisas novas.

Vantagens: Auxílio nas buscas, as sugestões podem ser muito úteis e ajudam a econimizar tempo.

Desvantagens: O tempo de carga fica mais demorado, e para cada letra digitada o Google faz uma nova requisição para buscar os novos termos.

Experimente: Google

Keyboard Shortcuts

shot_shortcuts.jpg Este recurso é dos mais úteis. Para quem sempre está com as mãos no teclado, a navegação por teclas é algo essencial em qualquer sistema. E o Google não fica pra trás nesse quesito, com os atalhos de teclado.

Eles são bem simples e práticos: é possível avançar nos resultados, voltar e ir à caixa de busca.

Vantagens: Atalhos simples, navegação extremamente rápida pelo teclado. Ao focar no último resultado, e pedir para avançar, ele automaticamente acessa a próxima página.

Desvantagens: O recurso torna-se sem sentido para quem utiliza muito o mouse.

Experimente: Google

Left-hand search navigation

shot_leftnav.jpgO novo painel de navegação mostra onde você pode encontrar o que busca.

Ao buscar por “flores”, o Google lhe sugere que busque também por imagens, além de buscas mais refinadas como “tipos de flores”.

Buscando por “Hendrix”, a primeira sugestão é de vídeos.

Vantagens: Possui certa inteligência para sugerir ao usuário formas de encontrar o que está procurando.

Desvantagens: O painel ocupa uma área da página, que torna-se sem sentido para quem não vai utilizá-lo. Além disso, altera o layout padrão do Google, o que pode não agradar a todos os usuários.

Experimente: iPod

Right-hand contextual search navigation

shot_rightnav.jpgSemelhante ao “Left-hand”, porém com um visual um pouco diferenciado, e com as sugestões à direita da tela.

Experimente: Dancing

Acesse: Google Experimental Search

Popularity: 2% [?]

Google implementa busca por documentos recentes

Quem está por dentro de como funciona o Google sabe que o que determina o posicionamento de determinada página num resultado de busca é o PageRank. Dentre os fatores mais importantes do PR está a data de criação (indexação, na verdade) do documento. Quanto mais antiga for determinada página, melhor será seu posicionamento no Google (óbvio que isso não desconsidera outros fatores como relevância e número de backlinks).

Em muitos momentos o que menos importa para um usuário que busca determinado assunto é a idade da página. Ele precisa de informações frescas, principalmente quando o assunto é algo que ele acabou de saber na TV ou num blog, site, etc.

Pois para essas situações, o Google acaba de implementar a busca por data. Com essa ferramenta é possível delimitar o período de busca por determinado assunto. Veja no exemplo abaixo uma busca pela expressão “Brasil”, numa busca comum no Google:
Agora uma busca pelo termo “Brasil” selecionando apenas os resultados dos últimos 3 meses:
Apenas os resultados indexados nos últimos 3 meses. Para quem precisa de informação fresquinha, uma mão na roda.


Manoel Netto é Consultor / Desenvolvedor Web, apaixonado por tecnologia desde que nasceu e atualmente mantém o site Tecnocracia.com.br.

Popularity: 2% [?]