Google Developer Day 2010

O Google já divulgou a data e o local oficial para o Developer Day deste ano, anota aí: 29 de Outubro no WTC, São Paulo.

A agenda do evento ainda não foi divulgada, mas já foram confirmados os seguintes temas: Android, Chrome, GWT e App Engine. Acredito que também teremos a presença do Google Maps por lá! ;D

De acordo com a nota oficial, as inscrições serão abertas em Setembro, mas não sabemos exatamente o dia ainda. Para quem usa o Twitter, a hashtag utilizada será #gddbr.

Provavelmente antes (e depois) do evento divulgaremos mais informações por aqui, inclusive a página oficial — assim que estiver pronta —, fiquem ligados!

[Blog oficial do Google Brasil]

Popularity: 2% [?]

Prepare-se para o Google Summer of Code 2010

Se você é universitário, de alguma área ligada a informática, prepare-se. O Google Summer of Code 2010 está chegando! O programa que tem por objetivo inspirar jovens estudantes a participar no desenvolvimento de software livre, os envolve no desenvolvimento de projetos acadêmicos em ambientes reais de programação, além de colaborar para a criação e aprimoramento de mais softwares livres que podem ser distribuídos para o benefício geral. Além de aprender muito, o estudante ganha pagamento em dinheiro e alguns prêmios, além de poder colocar no Currículo que desenvolveu projeto com o apoio do Google.

O programa foi anunciado na semana passada para alguns Orientadores e dentro de alguns dias teremos o cronograma para este ano. Normalmente o programa começa em Março, e os estudantes precisam enviar sua proposta até o final de Março e serão selecionados em Abril.

Neste ano, além de poder ganhar até $4.500,00, o estudante também leva uma camiseta exclusiva do Google, certificado de participação, brindes do Google, um livro técnico da área e possivelmente uma carta de recomendação emitida por algum dos orientadores do estudante.

Em 2008, o underGoogle fez uma cobertura bem bacana sobre o Summer of Code, inclusive com entrevista dos organizadores.

No Brasil

A participação brasileira, embora tenha começado tímida, tem crescido ano após ano. “De 3 participantes no primeiro ano, a participação pulou para 40 brasileiros no ano passado“, nos informou Adriano Monteiro Marques, lider do Projeto UMIT, um dos parceiros do Google, que participa do programa desde 2005 e acompanha de perto o crescimento da participação dos Brasileiros. O Umit Project é a única organização de software livre 100% brasileira que participa do programa como organização mentora.

O Umit já orientou 21 estudantes, de várias países como Rússia, Itália, Portugal, Polônia, Malásia e Singapura além do Brasil, e tem um programa paralelo chamado Umit Summer of Code, em que fazem o mesmo trabalho do Google Summer of Code, sem pagar os $4500,00 que o Google oferece (mas ainda garantindo a camiseta do Google, alguns brindes do Google, um certificado e cartas de recomendação).

Sendo orientador no Summer of Code, eu já emiti algumas cartas de recomendação, e eu tenho estudantes que trabalharam na Nokia Siemens Europa, Shell na Oceania, conseguiram bolsa de mestrado na Universidade de Alveiro e Portugal e alguns outros casos de sucesso menos relevantes” Afirma Adriano.

Fique ligado na página oficial do Google Summer of Code

Para conhecer melhor o programa e entender a mecânica, assista ao vídeos no Canal Oficial do Summer of Code 2009, no Youtube.

Popularity: 3% [?]

O poder do seu Android!

O primeiro celular com o sistema operacional Android, o T-Mobile G1, foi lançado há algumas semanas e junto ao seu lançamento o Google apresentou também sua loja online de aplicativos: o Android Market que já conta com 50 aplicativos gratuitos que podem ser baixados através de qualquer celular com o sistema operacional instalado.

Com a abertura do código fonte do Android, a Google pretende tornar os dispositivos que suportam a plataforma mais baratos e consequentemente mais acessiveis a população de classe média. Atualmente, existem cerca de 3,2 bilhões de telefones móveis no mundo, e esse número deve crescer em pelo menos um bilhão nos próximos anos. Para fazer isso a Google conta com uma aliança de mais de trinta empresas, entre elas a LG, Telefonica e a Motorola a qual já anúnciou que nos próximos meses lançará seu próprio aparelho com suporte ao sistema. Na página http://source.android.com/ é possível fazer o download do código fonte completo, vários desenvolvedores e empresas podem baixar, modificar, compilar e distribuir seus próprios “Androids” sem a necessidade de compartilhar suas modificações.

O Android vai muito além dos celulares, embora não tenha sido revelado publicamente maiores detalhes, o sistema já está começando a ser modificado para que seja usado em outros aparelhos além de celulares, como set-top boxes, carros e futuramente (quem sabe) até em robôs de verdade. O que aumenta nossas esperanças, é o fato de tratar-se de um sistema de código aberto.

O Android Market foi inaugurado apenas com aplicativos gratuitos, uma ótima oportunidade para os primeiros usuários do celular. A partir do dia 27, os desenvolvedores poderam começar a enviar seus aplicativos para a loja online. Para tornar-se um membro do Android Market é preciso pagar uma taxa única de US$ 25.

Mesmo possuindo apenas 50 aplicativos em sua loja online o Android já conta com muito mais do que isso, a seguir vou apresentar uma lista de cinco aplicativos que não podem faltar no seu celular e que com certeza tornaram algumas das suas atividades mais fáceis e mais divertidas, Segue a lista dos aplicativos:

1. PicSay: PicSay lhe permite adicionar rapidamente mensagens em balões e títulos para as fotos tiradas com a câmera do seu celular. Adicione várias cores, destaques, e efeitos de distorção e em seguida, compartilhe facilmente suas fotos com seus amigos e familiares via email ou coloque no seu blog ou site. [Video]
2. Marvin: A unica aplicação que apareceu até agora que usa os recursos de OpenGL do Android,  Marvin ajuda-o a explorar o mundo e ver conteúdo produzidos pelos usuários. Lembra um pouco o Google Earth e utiliza o recurso de Mapas do aparelho, você pode publicar o que quiser e em serviços específicos.Assim os usuários podem ajudar uns aos outros, publicando informações úteis para locais específicos, seria mais ou menos como uma Wikipedia para celulares.
3. Teradesk: Teradesk permite armazenar seus arquivos e guardar um backup deles nos servidores da empresa. Se a sua bateria acabou ou seu celular caiu na piscina, não haverá perda de dados. Você pode compartilhar seus arquivos, adicionar comentários em arquivos e pastas, possui integração com Google Docs e acesso remoto a computadores e outros dispositivos executando Teradesk.
4. MySpace: O site MySpace, foi talvez a primeira rede social já fundada antes do Android a aderir ao sistema e criar seu próprio aplicativo que permite ao usuário editar seu perfil, visualizar e enviar mensagens para seus amigos. [Video]
5. iSkoot for Skype: Permite você usar sua conta do Skype para conversar com seus amigos e fazer chamadas telefonicas via Internet e usar o celular para chamadas SkypeOut.
Apesar de ser uma grande novidade (talvez a novidade do ano), se continuar do jeito que está indo, não será apenas um “hype”, várias empresas já estão apostando muito dinheiro nisso e inclusive estão nascendo vários projetos e startups especializadas em serviços para o sistema.

Bom, o código está ai e o manual também, mas se você pretende apenas desenvolver uma versão do seu site para o “GPhone” fique a vontade, mas se quer ir além disso fica a dica, use o SDK gratuitamente para desenvolver seu próprio aplicativo e você poderá também concorrer ao  Round II do ADC o concurso que está oferecendo U$10 milhões pelas aplicações mais inovadoras e será aberto nas próximas semanas.

Popularity: 14% [?]

Google Code Jam: Brasil já é 4º país em inscrições

Direto do Google Brasil – Menos de um mês após o início das inscrições, o Google já contabiliza aumento de 57% nas inscrições para o Google Code Jam 2008 – o desafio mundial de programação promovido pela empresa. O número de brasileiros teve um aumento  de mais de 280% em relação ao mesmo período das inscrições do último Code Jam (2006).

Os 500 melhores classificados na região da América Latina terão passagem e despesas pagas para participar das semifinais em Belo Horizonte (MG), de onde serão selecionados os 100 melhores da região para a grande final na sede do Google em Mountain View, nos Estados Unidos. As inscrições encerram-se em 17 de julho, próxima quinta-feira. Além das viagens, os finalistas também ganharão um prêmio em dinheiro que totaliza mais de US$ 80 mil, divididos em:

  • 1º lugar: US$ 10 mil
  • 2º lugar: US$ 5 mil
  • 3º lugar: US$ 2,5 mil
  • 4º – 10º lugares: US$ 1,5 mil cada
  • 11º – 30º lugares: US$ 1 mil cada
  • 31º – 50º lugares: US$ 750 cada
  • 51º – 75º lugares: US$ 500 cada
  • 76º – 100º lugares: US$ 250 cada

“O Google Code Jam é uma oportunidade incrível para os mais talentosos cientistas da computação de todo o mundo se reunirem e competirem em nível internacional. Além disso, estamos felizes em poder apresentar a eles nossos escritórios e centros de pesquisa mundiais”, afirma Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia do Google.

“Nos últimos anos, latino-americanos representaram bem a região no desafio mundial. Neste ano, também esperamos contar com competidores fortes na América Latina para disputar o grande prêmio internacional”, destaca Berthier Ribeiro-Neto, diretor de engenharia do Google para a América Latina.

Uma novidade do Google Code Jam 2008 é a inserção de ferramentas próprias que permitem que os participantes programem em qualquer linguagem. Essas ferramentas foram criadas por uma equipe de funcionários que dedica 20% do seu horário de trabalho a projetos inovadores de seu interesse, e que é formada também por vencedores de Code Jams passados.

Em 2006, mais de 21 mil competidores de mais de 100 países participaram do Google Code Jam, e o russo Petr Mitrichev foi o grande vencedor. Mais informações sobre o Google Code Jam, incluindo normas e regulamento, podem ser encontradas em http://code.google.com/codejam.

Fonte: Google Brasil e Agência Ideal

Popularity: 10% [?]

Google Code Jam 2008: Inscrições Abertas

Ao contrário do Google Summer of Code, que envolve a colaboração de programadores para implementação de novidades em projetos OpenSource, o Google Code Jam é um desafio aos programadores interessados em solucionar quatro problemas de algoritmos no menor tempo possível.

As inscrições vão até 17 de julho. As finais regionais acontecerão em Belo Horizonte (MG), em outubro, e a grande final será na sede do Google, na cidade americana de Mountain View, no dia 14 de novembro

“O Google Code Jam é uma oportunidade incrível para os mais talentosos cientistas da computação de todo o mundo se reunirem e competirem em nível internacional. Além disso, estamos felizes em poder apresentar a eles nossos escritórios e centros de pesquisa mundiais”, afirma Vic Gundotra, vice-presidente de engenharia do Google.

As inscrições são feitas pelo site http://code.google.com/codejam. Os 500 melhores classificados ganharão uma viagem com tudo pago para as semifinais em Belo Horizonte (MG), de onde serão selecionados os 100 melhores para a grande final na sede do Google em Mountain View, nos Estados Unidos.

As inscrições começam hoje e ficarão abertas por um mês, terminando em 17 de julho. Além das viagens, os finalistas também ganharão um prêmio em dinheiro que totaliza mais de US$ 80 mil, divididos em:

  • 1º lugar: US$ 10 mil
  • 2º lugar: US$ 5 mil
  • 3º lugar: US$ 2,5 mil
  • 4º – 10º lugares: US$ 1,5 mil cada
  • 11º – 30º lugares: US$ 1 mil cada
  • 31º – 50º lugares: US$ 750 cada
  • 51º – 75º lugares: US$ 500 cada
  • 76º – 100º lugares: US$ 250 cada

Em 2006, mais de 21 mil competidores de mais de 100 países participaram do Google Code Jam, e o russo Petr Mitrichev foi o grande vencedor.

Esperança brasileira

“Nos últimos anos, o desafio mundial foi vencido por participantes latino-americanos. Neste ano, também esperamos contar com competidores fortes na América Latina para disputar o grande prêmio internacional”, destaca Berthier Ribeiro-Neto, diretor de engenharia do Google para a América Latina.

Uma novidade do Google Code Jam 2008 é a inserção de ferramentas próprias que permitem que os participantes programem em qualquer linguagem. Essas ferramentas foram criadas por uma equipe de funcionários que dedica 20% do seu horário de trabalho a projetos inovadores de seu interesse, e que é formada também por vencedores de Code Jams passados.

Mais informações sobre o Google Code Jam, incluindo normas e regulamento, podem ser encontradas em http://code.google.com/codejam.

Fonte: Google Brasil

Popularity: 6% [?]

GDD 2008: Cobertura no underGoogle

Bem amigos, faltam 11 dias para o Google Developer Day, que será realizado em São Paulo, no dia 27/06 das 9h às 16h 50min. Desenvolvedores que se inscreveram no site do evento e foram pré-selecionados pelo Google têm até esta segunda-feira (16) para confirmar sua presença através de um e-mail enviado pelo Google na semana passada.

O underGoogle estará presente no evento, representado pelo Fabio e por mim. Vamos conversar com os leitores presentes, acompanhando a série de Keynotes e palestras e fazendo a transmissão, em tempo real, por diversas ferramentas sociais.

O leitor Felipe Plets montou um Gadget para o iGoogle, que inclusive já está na página inicial aqui do blog. Caso você queira baixá-lo ou adicioná-lo em seu iGoogle, basta visitar este link.

Também há um grupo não oficial para quem irá ao evento ou pretende ficar sabendo as informações sobre. Se você vai ao evento e quer conhecer quem vai estar presente, aconselho a inscrever-se.

Se você vai ao evento, não deixe de nos procurar para bater um papo, afinal é muito bom conhecer quem são nosso leitores e receber Feedback.

Você também pode ver a agenda do dia neste link. Como haverá várias palestras acontecendo ao mesmo tempo, é importante você se organizar e decidir qual será de maior prioridade para seus interesses.

Popularity: 5% [?]

Google Earth: Agora, no Browser mais próximo de você!

O Google acaba de lançar um Plug-in que promete fornecer todas as funcionalidades do Google Earth diretemente no browser do usuário. Isto é, você instala um Plug-in de 300KB e pode utilizar o próprio navegador de internet para navegar nos mapas, numa interface semelhante ao Google Earth.

Juntamente com o Plug-in o Google anunciou sua integração com  a API do Google Maps. Assim, desenvolvedores de Mashups com o Google Maps podem agora integrar seus mapas com o Plug-in e assim permitir que os usuários visualizem o terreno em 3D, desenhem linhas e formas, adicionem modelos 3D,  ou carreguem arquivos KML para o Mapa (Veja um exemplo KML Playground).

O Plug-in funciona somente no Windows e para os seguintes Browsers:

  • IE 6.0+
  • IE 7.0+
  • Firefox 2.x or 2.0x (Firefox 3.0 em breve)
  • Netscape 7.1+
  • Mozilla 1.4+
  • Flock 1.0+

Mais exemplos aqui e aqui.

Popularity: 7% [?]

Code Snippets na Busca Universal do Google

Estava lendo agora pouco os meus feeds, e encontrei no Grey Wolf SEO’s Blog um post muito legal, mostrando um Code Snippet em um resultado de busca do Google. Olhe só:

Strlen no Google - Busca Universal

Pelo que testei aqui, estes snippets tem uma ótima integração com o Google CodeSearch. Esta é mais uma ótima integração do Google. O que vocês acharam?

Fábio Ricotta

Fábio Carvalho Motta Ricotta Mineiro, 22 anos, Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade Federal de Itajubá. É gerente da Deals Consultoria e Desenvolvimento, além de ser sócio/administrador do portal MXStudio. Possui um blog pessoal que fala de SEO e tecnologias além de um blog de SEO chamado SEOdicas. É um grande adorador do Google e suas tecnologias. Adora passar o tempo estudando SEO além de ver os artigos sobre o Google que saem aqui no UnderGoogle.

Contato: fabioricotta [at] gmail.com

Popularity: 5% [?]